segunda-feira, 1 de setembro de 2014

INSEGURANÇA: 25 mortes violentas abalam Teresina no final de semana

Um homem identificado como Manoel Francisco do Nascimento Sousa, 43 anos, foi morto a facadas por volta das 21h deste domingo (31) por trás da igreja católica do bairro Porto Alegre, Zona Sul de Teresina. Segundo a polícia, testemunhas relataram que dois homens chegaram em uma moto e um deles seria o autor das facadas.
Com este assassinato, Instituto de Medicina Legal (IML) registrou no final de Teresina 25 mortes violentas.
A vítima trabalhava como operário da construção civil e dividia a casa com mais outros trabalhadores. Uma vizinha, que não quis ter a identidade revelada, relatou que estava na calçada de casa quando viu a dupla chegar em uma moto e partir para cima da vítima.

“Vi quando a moto parou. Ele estava aqui conversando com a gente quando eles desceram da moto e partiram pra cima dele já com a faca. Quando vi isso corri para dentro da minha casa e só depois sai e vi que ele estava caído, morto. Tinha muita gente na rua porque era o horário da missa ainda”, disse.

Agentes da Delegacia de Homicídios e do Ronda Cidadão estiveram no local do crime. A polícia ainda não sabe o que pode ter motivado o crime, já que segundo testemunhas, não houve briga ou luta corporal antes do operário ser esfaqueado. Vizinhos e os demais trabalhadores que dividiam a casa com a vítima e que estavam no local no momento do crime prestarão depoimento.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) esclarece que foi realizado processo de licitação para aquisição de material didático exclusivo para estudos intensivos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), tendo adquirido, após os trâmites legais do processo, o total de 100.000 (cem mil) livros da obra “Novo Enem” de autoria do renomado professor Luis Romero.

A referida obra, que teve o parecer dos, também renomados, professores Cineas Santos, Eneas Barros e Assis Brasil, foi adquirida por um montante de R$ 6.000.000,00 (seis milhões reais) e será distribuída em todas as escolas de Ensino Médio da Rede Pública Estadual de Ensino. Informamos ainda que a empresa contratada possui certificado de distribuição exclusiva da Câmara Brasileira de Livros e que a entrega do material foi articulada entre a Seduc e a Controladoria Geral do Estado do Piauí (CGE), para que os Correios realize a distribuição nas escolas.

A Seduc reitera o compromisso com a educação piauiense e com a promoção de incentivos aos estudos e a competência intelectual das crianças e jovens de nosso Estado. Garantimos ainda que a principal intenção desta secretaria é fazer chegar aos alunos da Rede Pública um material de qualidade que lhes possibilite competir e se desenvolver intelectualmente.
Teresina - PI, 30 de agosto de 2014

Atenciosamente,
Coordenadoria de Comunicação Social do Governo do Piauí

Valesca e a educação liberal

Da série de polêmicas quase inúteis que costumamos criar: a mais recente é o episódio em que um professor cita Valesca “Popozuda” de grande pensadora Brasileira.  
Vários “intelectuais” do país emitiram sua opinião a respeito, e a população geral logo demonstrou alguma indignação. Não os culpo, ora quem quer mandar seus filhos pra uma escola em que uma cantora popular é chamada de grande pensadora e recebe grande atenção? Imagine a reação de alguém, que leva todo dia seus filhos a uma escola pública, pensando que apesar de tudo, aquele é um local que acrescentará boas experiências a vida dele, porém percebe que na verdade ele está apenas perdendo o seu tempo, porque é isso o que é uma questão sobre “Beijinho no ombro”, uma total perda de tempo. Respeito o gosto de todos e não tenho nada contra a música da Valesca, mas tem hora e local pra tudo.

O fato é que apesar desse episódio parecer um caso isolado, ele nos alerta sobre algo: O que as pessoas andam aprendendo nas escolas públicas? E, digo por experiência própria e por relato de conhecidos, tratar cantores de funk como grandes pensadores contemporâneos é o que de menos nocivo acontece por ali. O lugar ao qual as mães e pais confiam grande parte da educação dos seus filhos é muitas vezes usado quase que exclusivamente para doutrinação ideológica.  Não se surpreenda se ao abrir os cadernos de seus filhos, acharem textos tratando Marx de Gramsci como verdadeiros deuses, ou clarividentes. A Visão deles da sociedade é hegemônica nas escolas públicas, na maioria, é a única ensinada, e ensinada com um apelo muito forte, muitas vezes desde a educação primária.

As instituições escolares como um todo, principalmente as escolas públicas deveriam garantir um ambiente mais neutro possível. Algumas pessoas compreendem que não é assim que acontece. E porque não acontece? Ora, a vida nos ensina que não devemos esperar boas intenções do meio político de hoje. Os partidos atuais têm quase que como único objetivo manter-se no poder, e para quem quer se manter estável, inquestionável, e imponente, é demasiado interessante e conveniente uma doutrinação hegemônica nas escolas.

O que se conclui é que não devemos delegar ao estado a função de educar. Uma educação liberal é a solução mais racional, ao aparente problema. Veja, a privatização do sistema educacional, ou ao menos de parte dele, atacaria, sem dúvidas a verdadeira raiz do problema. Um meio educacional que não é gerido pelo estado, e consequentemente por políticos, tem maiores chances de sucesso e menores da tão temida doutrinação ideológica. Primeiramente é importante ressaltar que no sistema privado existe um contrato entre aquele que contrata o serviço e a escola, e dado que a escola deverá cumprir tudo o que está escrito no contrato previamente assinado pelos pais, pois, para um empresário, cujo principal interesse é o lucro não é proveitoso que seja processado, ou que perca o cliente pela quebra de contrato. 

Quando a educação é estatizada, não há nada que assegure a boa educação, tendo em vista que mesmo que o agente não contrate o serviço do estado, o mesmo será obrigado a pagar por ele através de impostos. Além do mais, as relações de mercado nos mostram que concorrência sempre gera eficiência.

Faço uma ressalva, a solução para os problemas de má gestão estatal a solução sempre, ou ao menos na maioria das vezes é privatizar o serviço e não trocar os políticos que o gerem. Porém, tais privatizações podem parecer distante do futuro brasileiro. Aqui o estado parece cada vez mais aumentar os maus serviços prestados a população, e por incrível que pareça, com o aval da maioria. 

PERSEGUIÇÃO POLÍTICA: Prefeita Adriane Prado instaura processo administrativo para demitir 228 servidores concursados

Prefeita Adriane e seus aliados políticos Zé Filho e Juliana Moraes Souza
A prefeita de Luis Correia, Adriane Prado, passou a promover uma verdadeira operação “caça as bruxas”, tentando demitir 228 servidores aprovados no concurso realizado pelo ex-prefeito Kim do Caranguejo em 2010. Desde o ano passado, a prefeita Adriane Prado vem tentando demitir os mais de 200 pais e mães de famílias. 

Assim que assumiu o cargo de prefeita, Adriane Prado anulou o concurso público e  conseqüentemente tentou exonerar os servidores, que por força de uma liminar conseguiram se manter  no emprego.

Por ultimo, no dia 21 de agosto deste ano, a nobre prefeita Adriane Prado instaurou processo administrativo para apurar a participação individual de cada servidor nas irregularidades que ela e a sua “thurma” alegam terem encontrado na realização do concurso público. Trocado em miúdos, Adriane Prado está tentando através do processo administrativo “legalizar’’ a demissão em massa  que ela tanto almeja.

Contudo, em meio a essa perseguição de cunho político, a prefeita Adriane Prado tem conseguido instalar  uma insegurança nos locais de trabalho de cada servidor perseguido, atitudes mesquinhas  que tem oprimido e afetado  as condições físicas e psicológicas  destes trabalhadores e de suas famílias.

JESUS CRISTO “embora fosse rico, tornou-se pobre”

Os líderes das religiões, principalmente as denominadas cristãs, servem-se destas hipocritamente e afirmam que não fazem parte desse mundo e creem no Reino de Deus. 
Mesmo que algumas dessas religiões tenham a predisposição para a honestidade, não são inteiramente honestas em seus propósitos, pois principalmente o dinheiro arrecadado dos fiéis, é investido para seu poder e a sobra depositada em aplicações bancárias onde o dinheiro é emprestado a juros e investidos em ações da bolsa de valores em qualquer empresa, seja de agricultura ou de armas ou qualquer outro fim e fingem que estão sendo honestos com Deus. 

Vimos recentemente a inauguração de um templo fisicamente de proporções elevadas, com todo o luxo exuberante na cidade de São Paulo, no Brasil. Será que Deus quer esse sacrifício dos homens? Seu filho Jesus disse que “… os verdadeiros adoradores adorarão o Pai com espírito e verdade”! 

O Templo de Jerusalém foi destruído em 70 EC pelo Exército Romano e antes disso Jesus tinha dito aos seus discípulos: “De modo algum ficará aqui pedra sobre pedra sem ser derrubada.” Aquele templo nunca mais foi reconstruído. No sétimo século, erigiu-se o santuário muçulmano conhecido como Domo da Rocha, e este se encontra ali até hoje no lugar do anterior local de adoração dos judeus. O Muro das Lamentações, ao quais muitos judeus afluem de lugares distantes para orar, não faz parte desse templo. É apenas parte do muro do pátio do templo destruído. 

Vemos também outras denominações religiosas em eternas construções de grandes edifícios, gráficas para editarem seus livros e jornais periódicos e redes de televisão, aplicando o dinheiro dos fiéis para fortalecimento de tais estruturas religiosas. 

Será que Jesus Cristo tinha como propósito fazer edificações de templos e montar uma estrutura de redações religiosas para fazer adeptos?

Admiro muito alguns religiosos que em suas obras amparam os seres humanos mais desfavorecidos pela sociedade e seguem os passos do nosso grande mestre Jesus. São obras feitas tais como as das freiras que cuidam de asilos de pobres, padres que sacrificam sua vida para atender os desvalidos e missionários evangélicos em localidades pobres.

Nunca vi pastor evangélico nenhum com tanta dedicação aos pobres, pode até ter, mas sinceramente não vi a não ser alguns missionários em países africanos pobres, mas no fundo o intento é o fortalecimento de sua religião nominal. 

Vi algumas denominações religiosas terem hospitais, mas são raras tais denominações. Jesus curava os necessitados com seus milagres. Como não fazem milagres como os de Jesus, embora alguns digam que operam milagres, criam hospitais e esses mesmo assim são bastante elitistas.

Jesus em sua pregação falava contra os líderes religiosos fanáticos de sua época e dizia “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o décimo da hortelã, e do endro, e do cominho, mas desconsiderastes os assuntos mais importantes da Lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fidelidade. Estas eram as coisas obrigatórias a fazer, sem, contudo, desconsiderar as outras.” 

Quando Jesus estava na terra, existia no templo em Jerusalém um local que era a “tesouraria”. De acordo com fontes rabínicas, neste templo reconstruído por Herodes havia 13 cofres do tesouro junto ao muro deste pátio. Estes tinham formato de trombeta, com pequenas aberturas em cima, e as pessoas depositavam neles várias contribuições e ofertas. 

Os sacerdotes que insuflaram o assassinato de Jesus, recusaram depositar neste tesouro sagrado as moedas de prata que Judas jogou no templo, “porque”, disseram eles, “são o preço de sangue”. Será que hoje os líderes religiosos importam-se que o óbolo lançado em suas caixas coletoras venham de pessoas inescrupulosas ou emprestem esse dinheiro aos bancos que mantem juros altíssimos para a população e será que se importam em ter ações de empresas bélicas, de bebidas alcoólicas e fumo? 

São os prédios religiosos realmente necessários para se adorar a Deus? Têm as basílicas e as igrejas suntuosas um precedente nas Escrituras? Que tipo de prédios já foram usados para a adoração do Deus verdadeiro e vivo? O que eles nos podem ensinar sobre a necessidade de haver locais de adoração e sobre o que se deve realizar ali? É evidente que os prédios religiosos da cristandade não têm nenhuma relação com o templo da era pré-cristã. E os cristãos do primeiro século não tinham nenhum motivo para construir tais locais. 

Conscientização sobre fumo passivo ganha força no Dia de Combate ao Fumo

Dia debate a conscientização do fumo passivo
No Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado no dia (29), a conscientização sobre os males do fumo passivo ganha força após pesquisas recentes sobre o tema. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o fumo é responsável por mais de 200 mil mortes por ano no Brasil. Doenças respiratórias e cardiovasculares são as principais enfermidades causadas pelo cigarro e, em muitos casos, as vítimas sequer são fumantes.

Estudo feito por pesquisadores da Universidade de York, no Reino Unido, e divulgado no mês passado mostra que partículas da fumaça do tabaco no ambiente podem causar problemas de saúde e até câncer em não fumantes. As novas constatações lançam luz sobre a questão e demandam campanhas específicas sobre o assunto, de acordo com o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, Daniel Knupp.

“Hoje, a imagem geral do fumo na sociedade é mais negativa, mesmo os não fumantes têm conhecimento da dimensão do malefício do cigarro no convívio com o fumante, mas não uma dimensão clara da magnitude desse risco”, comentou Knupp. “É importante que os não fumantes tenham ciência de que a incidência de certas doenças pode ser tão elevada para eles quanto para o próprio fumante e tenham autonomia para cobrar o direito de um ambiente livre de tabaco”, disse o médico.

Para a diretora clínica do Centro Paulista de Oncologia (CPO), Mariana Laloni, o que  surpreendeu nos dados da pesquisa foi o fato de que mesmo em casas de não fumantes há um grau de substâncias tóxicas oriundas do cigarro capaz de causar câncer. “Já sabemos que o maior prejudicado é o fumante e já há vários estudos que mostram o impacto do efeito do tabaco para o fumante passivo no mesmo ambiente [do fumante]. Mas esse estudo mostra que a fumaça exalada dos fumantes persiste no ambiente e aumenta o risco de doenças para não fumantes”, comentou Mariana.

Uma divulgação maior de informações sobre o assunto, segundo ela, pode contribuir para uma atitude mais responsável por parte de fumantes em locais públicos e privados.

sábado, 30 de agosto de 2014

Uma outra visão sobre crimes violentos. Ou: Violência é problema moral. Ou ainda: Bandidos não são vítimas da sociedade

A criminalidade é hoje um dos principais problemas do Brasil. Segundo a ONU nosso país registrou em 2012 mais de 10% dos assassinatos ao redor do mundo, ainda ocupamos a 122ª posição no ranking de segurança pessoal e o de 11° país mais inseguro do mundo, deixando pra trás até mesmo países que sofreram guerras civis e distúrbios revolucionários recentemente. Sem contar que das 30 cidades mais violentas do mundo 11 são Brasileiras.

Segurança pública é um assunto que sempre esteve em pauta em todos os principais debates políticos nacionais, mas ao que parece, temos ouvido as pessoas erradas. Grande parte dos intelectuais tem afirmado constantemente que a principal causa de crimes violentos e transgressões as leis se devem as desigualdades sociais e as mazelas do capitalismo, consequentemente defendem a social democracia ou o socialismo como meio para sobrepujar os problemas de violência. Bom, ao menos em nosso país tais políticas se mostraram totalmente erradas. Nosso governo a priori propagandeava-se como comprometido com a redistribuição de renda, então se criou programas assistencialistas diversos e a verdade é que isso não tem melhorado os nossos índices de violência e segurança. Tratar o criminoso como uma vítima do sistema definitivamente não é a solução. Muito pelo contrário, os programas do governo tornaram-se todos apenas braços eleitoreiros e acabaram, mesmo que comprovadamente ineficientes se perpetuando.

Outro argumento oriundo do pensamento de esquerda sobre a violência, é que parte se revolveria proibindo-se o porte de armas. Ingenuidade, afirmo. É óbvio que dificultar o porte de armas as pessoas de bem não vai diminuir os crimes violentos, apenas vai deixar o bom cidadão, cumpridor das leis totalmente indefeso contra o criminoso, dando ainda mais poderes de atuação ao bandido, que com a implementação das “políticas desarmamentistas” tem certeza de que terá êxito em seus atos. Para corroborar com tal visão, cito o exemplo da Islândia que é considerado um dos países mais seguros do mundo e estima que haja aproximadamente 90 mil armas no país – cuja população é de cerca de 300 mil pessoas. Leis de desarmamento, não alcançam criminosos, já que estes, por definição não respeitam lei ou ordem moral.

Um outro fator agravante no país, é o processo de depreciação das forças policiais. Como foi dito acima, nosso país escolheu o rumo errado a seguir, onde o bandido é tratado como vítima. Consequentemente aqueles que os combatem são tratados como vilões. Principalmente nos últimos anos, cometer crimes não tem sido considerado antiético pela maioria das pessoas. Ai sim eis que surge uma das principais raízes do problema. A Criminalidade hoje é principalmente um problema ético e moral. Pensamento demasiado relativista é o que tem havido. Uma mistura tosca da revolução cultural de Gramsci com bolivarianismo. Não é segredo pra ninguém que o modelo de socialismo bolivariano é o idealizado por grande parte dos “pensadores” brasileiros. 

O que possibilitou há 12 anos a chegada de um partido defensor dessas políticas ao poder. Obviamente que para substituir o sistema vigente, ou o que resta dele, antes tem-se que acabar também com a ordem moral vigente. Daí vem a idolatria desmedida por pessoas que aos nossos olhos são completos facínoras. De acordo com a moral revolucionária, que com o tempo vem sendo imposta é, roubo é apenas expropriação de bens, invasão de terras, chama-se de coletivização, tudo é válido pelo ideal revolucionário, muitas vezes até mesmo assassinatos. “Pois a tirania que é exercida com o pretexto de ser para o bem das suas vítimas é sem dúvida nenhuma a mais ofensiva.” De fato, um grande passo para diminuir os índices de crimes violentos, seria tirar aqueles que o apoiam do poder.

Deve-se destacar também, que toda a responsabilidade sobre as seguranças das pessoas está sendo colocada sob o estado, muito dessa ineficiência deve-se a quase que completa ausência do setor privado no quesito segurança. As agências de segurança privadas ainda são poucas no Brasil, dificultadas por toda a burocracia estatal, e principalmente pelas inúmeras restrições impostas ao porte legal de armas. Sem que o estado retire seus tentáculos das vendas de armas o cidadão não poderá se defender. E como dito acima, empresas privadas provedoras de segurança também terão dificuldade na aquisição de armas, o que consequentemente tem diminuído o número de dispostos a prestar tal serviço e elevado os preços do mesmo. Como sempre, aqueles que dizem prezar pela segurança das pessoas, os estão prejudicando, principalmente os mais pobres, que jamais conseguiram contratar o setor privado com tantos empecilhos estatais ao mercado.

Pesquisa Amostragem aponta Elmano em primeiro na disputa pelo Senado

A nova pesquisa do Instituto Piauiense de Opinião Pública (Amostragem) divulgada nesta quinta-feira (28/08) mostra o crescimento e a consolidação da liderança do candidato ao Senado Elmano Férrer (PTB) na região da grande Teresina, maior eleitorado do Piauí.
De acordo com a pesquisa estimulada, Elmano tem 52,88% das intenções de votos, contra 23% do candidato Wilson Martins (PSB), quase 30% de vantagem. Na espontânea, o ex-prefeito de Teresina conta com 30,75% dos votos, 20% a mais do que o seu concorrente, que aparece com 10,75% das intenções.

Os eleitores que não sabem ou não opinaram na pesquisa estimulada estão em 9,5% e os que pretendem votar em branco ou nulo somam 8,5%. Já na espontânea, 50,63% não sabem ou não opinaram e 3,88% desejam votar branco ou nulo.

A pesquisa realizada, de 23 a 26 de agosto, com 800 eleitores da zona urbana de Teresina, mostra o reconhecimento do trabalho do "Véin trabalhador" à frente da Prefeitura da capital. Em uma avaliação das gestões nas capitais no país, realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística (IBOPE) em 2012, Elmano Férrer ficou no ranking entre os melhores prefeitos, com 42% avaliando sua gestão como ótimo ou boa. Ascom Elmano Férrer

Dupla surpreende e executa Nego Maicon a tiros, em Parnaíba

Jovem é assassinado a balas quando visitava a namorada. Maicon dos Santos Aragão, 26 anos, conhecido “Nego Maicon”, foi executado a tiros de pistola por volta das 10h deste sábado (30/08) dentro de uma residência na Rua São Francisco, Bairro Ceará, em Parnaíba. Ele tinha enderenço na localidade Baixa do Aragão, na BR-402, zona rural.
Maicon morreu na porta da residência após ser baleado várias vezes
Segundo a polícia, Aragão chegava na casa da namorada em seu carro Civic LXS, de cor preta, placas DRP 7989 Parnaíba (PI), quando foi abordado por dois homens em um moto e estes efetuaram disparos, pra mais de dez. 
Maicon dos Santos Aragão, de 26 anos
A vítima ainda tentou se refugiar na casa, mas morreu no alpendre. Policiais da Força Tática chegaram ao local e isolaram a área.

Em seguida, o Serviço Reservado do 2° Batalhão de Polícia Militar do Piauí também se fez presente, bem como outras guarnições. 

De acordo com a polícia, os dois estavam numa moto Titan de cor e se utilizaram de uma pistola de 09mm, que é conhecido pela capacidade de transfixação capaz de ferir dois adversários com apenas um projétil.
Conforme a polícia, Maicon já foi preso por furto, assalto e era investigado por envolvimento no assassinato de José Carlos Aguiar de Sousa, que era funcionário do Armazém Paraíba, irmão de Carlos Willian de Aguiar Sousa, conhecido “Cherry”. Os policiais Robinson Castillo e Luís Beline conduziram o corpo para o Posto Avançado do IML de Parnaíba.
No local do homicídio foram encontrados oito projéteis. De acordo com informações dos policiais, a cabeça da vítima foi alvejada de maneira que o crânio ficou comprometido. 

Estado Islâmico divulga novo vídeo com execução e ameaças aos curdos no Iraque

O grupo Estado Islâmico divukgou na quinta-feira um vídeo que supostamente mostra a decapitação de um homem no Iraque e com ameaças às forças curdas, chamadas de peshmerga, que lutam em cooperação com os Estados Unidos contra os jihadistas, informou um grupo de monitoramento da crise na região.
O filme, intitulado "Uma mensagem no sangue para os líderes da aliança americano-curda", mostra um soldado curdo ajoelhado na cidade de Mossul, em frente a três extremistas, antes de sua morte.

No início do vídeo, 15 soldados das forças curdas aparecem vestidos de macacões laranja ao redor da bandeira do grupo islâmico. Durante a gravação, três deles pedem que ao governo curdo encerre a relação com os Estados Unidos, que recentemente realizaram uma onda de ataques aéreos contra os jihadistas no Norte do Iraque.

- Qualquer erro ou imprudência sua vai levar à [perda] de nossas vidas - diz um dos homens no vídeo.
Depois disso, três homens armados vestidos de preto e mascarados aparecem em frente a uma mesquita com o homem curdo ajoelhado, que em seguida é decapitado.

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Governo Zé Filho compra R$ 6 milhões em livros numa loja no Mocambinho: HÁ INDÍCIOS QUE FORAM SUPERFATURAMENTO EM 500%

Há indícios de que os 100 mil livros para alunos do Enen foram superfaturados em 500%
A Secretaria Estadual da Educação e Cultura – SEDUC, comprou 100 mil livros a serem distribuídos às escolas públicas do estado para preparação de alunos que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio ­ Enem. Há indícios de superfaturamento na aquisição do livros. Eles vão custar R$ 6 milhões aos cofres do Estado e foram adquiridos numa pequena papelaria localizada na avenida centro do Conjunto Mocambinho, na zona Norte de Teresina.

O anúncio da compra dos 100 mil livros foi feito pelo próprio secretário estadual da Educação, Alano Dourado, na quinta­feira passada (28.08), durante entrevista à imprensa. Os livros foram comprados pela SEDUC praticamente nas vésperas do Enem e das eleições. As provas do exame serão dia 8 e 9 de novembro. O primeiro turno das eleições acontecem dia 5 de outubro.

Publicação do Diário Oficial do Estado (DOE), no dia 15 de agosto deste ano confirma que os livros custarão aos cofres públicos nada menos que R$ 6 milhões. De acordo com pesquisa de preços, cada exemplar de um livro com o mesmo conteúdo do adquirido pela SEDUC, custa em média R$ 10,00. No entanto, pelo contrato firmado pela pequena empresa do Mocambinho com aSEDUC, cada unidade do Livro Linguagens, Códigos e Tecnologias vai custar aos cofres do Estado nada menos que R$ 60,00.
O contrato da compra dos 100 mil livros foi assinado do dia 14 de agosto de 2014 pelo secretário de educação, Alano Dourado, e pelo comerciante Antônio Carlos Lopes Riotinto dono da loja. O extrato do contrato N° 164­2014 foi publicado no DOE, do dia 15 de agosto de 2014. O contrato, no valor de R$ 6 milhões, vale até o dia 31 de dezembro deste ano.

Conforme o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, da Receita Federal, a empresa que vai vender R$ 6 milhões ao Estado só em livros, registrada em nome de Antônio Carlos Lopes Riotinto, é uma micro empresa localizada na Avenida Antônio Pedreira Martins, N° 6782/1, (Quadra 39 ­ Avenida Principal) no conjunto Mocambinho, Zona Norte de Teresina.

A empresa individual é destinada ao comércio varejista de artigo de papelaria. Pela sua inscrição no CNPJ não está habilitada a vender livros, conforme critérios da Receita Federal para a abertura e funcionamento de pequenas e micro empresas no Brasil. Comerciante da área onde está instalada a “Papelaria Parente” dizem que nunca viram livros à venda naquela loja.

Na quinta­-feira (28.08), ao anunciar a “boa nova”, o secretário Alano Dourado explicou que o livro será usado na preparação específica para o Enem. Segundo ele, o material que  semelhante aos usados pelas escolas particulares e agora será distribuído para os alunos da rede estadual. Ele disse que os livros já foram recebidos pela Seduc e a Controladoria Geral do Estado (CGE) vai fazer a conferência para que sejam entregues às escolas pelos Correios. 

Zé Filho nunca havia ouvido falar da Helicoverpa que atinge as lavouras do estado

Zé Filho nunca havia ouvido falar da helicoverpa, uma ponderosa praga que atinge as lavouras de vários estados, inclusive o Piauí.
No dabete entre os candidatos a governador, realizado na terça-feira à noite (26.08), pela TV Cidade Verde, o governador Zé Filho (PMDB), candidato à reeleição, demonstrou, mais uma vez, que não está preparado para comandar o governo, porque não conhece os principais problemas do Estado. Ele nunca havia ouvido falar na helicoverpa, uma lagarta que vem causando preocupação aos governos e muitos prejuízos para pequenos e grandes produtores agrícolas de todo o País, inclusive do Piauí.

Durante o debate, o candidato do PT ao governo do Estado, senador Wellington Dias, perguntou a Zé Filho que providências ele iria tomar, caso fosse eleito, em relação ao combate à praga da helicoverpa. Demonstrando claramente desconhecimento sobre o assunto, o governador disse que tinha a humildade de reconhecer que não sabia tudo do seu governo. Ele não soube responder e ainda acusou seu interlocutor de fazer pegadinha. “Eu não preciso saber de lagarta”, disse Zé Filho.

O senador Wellington Dias, então, explicou ao governador que não se tratava de pegadinha e sim de uma problema sério que os agricultores do Piauí, dos menores aos maiores, estão enfrentando por causa da praga da helicoverpa que está atingindo e dizimando grandes áreas de plantações de soja, milho e algodão no Piauí.

A Helicoverpa é hoje uma das principais pragas da agricultura por causa do seu ataque intenso nas regiões produtoras de soja, milho e algodão no Brasil. É comum ocorrer a confusão entre a Helicoverpa zea e a Heliothis virescens, devido às duas serem muito parecidas, fato que prejudicou ainda mais no controle de pragas nas lavouras.

“Ela já causou prejuízo de mais de R$ 1,7 bilhões aos agricultores de todo o País. O pior é que não há, no Brasil, pesticida que elimine a praga. Os agricultores já solicitaram ao Ministério da Saúde que entre em contato com outros países para saber como acabar com eliminar essa praga”, explica o senador Wellington Dias.

Por conta da preocupação dos agricultores e gestores públicos de todo o Brasil com o grave problema do ataque da lagarta, o senador Wellington Dias incluiu no seu programa de governo a busca de uma solução para o combate à Helicoverpa.

“Se fosse uma simples lagarta, o Ministério da Agricultura e a Embrapa não realizavam, anualmente, ações para combater essa praga. Isso ocorre porque ela traz problemas graves. 

Militância de Wellington Dias fará caminhada no bairro Bebedouro na manhã deste sábado

A coordenação em Parnaíba da campanha à reeleição de Dilma Roussef para a Presidência da República, Wellington Dias para o governo do Estado e Elmano Férrer para o Senado anuncia para sábado, 30 de agosto, pela manhã uma mobilização no Bairro Bebedouro com a participação de militantes de todos os partidos que apoiam a coligação “A vitória com a força do povo”. 
O presidente do PT de Parnaíba, Edivan França, explicou que a concentração acontecerá a partir das 7h30min no mercado da Guarita, recentemente restaurado e organizado pela Prefeitura.

Deverão participar, além de militantes, lideranças políticas locais como candidatos a deputados estaduais que também apoiam a coligação liderado por Wellington Dias. “Defender a candidatura de Wellington tem uma importância que vai além de uma simples eleição. É uma forma de defender a retomada do desenvolvimento do nosso Estado”, disse Edivan.

A primeira caminhada realizada pela militância em favor da Coligação de Wellington Dias aconteceu no último sábado à tarde no Bairro João XXIII com uma grande adesão de militantes e eleitores.

O deputado Federal Assis Carvalho, do Partido dos Trabalhadores, confirmou participação na caminhadas, além de ter anunciado uma agenda em Parnaíba para o sábado e o domingo.
Ascom

Em Teresina polícia prende acusados de assassinar taxista e categoria apedreja Secretaria da Segurança

A Polícia Militar prendeu os dois acusados de assassinar o taxista Carlos Alberto de Sousa, na manhã desta sexta-feira (29) com dois tiros na cabeça, no centro de Teresina. 
Apenas um dos acusados foi identificando, como sendo Erickles Ferreira da Silva, de 22 anos. Segundo o presidente da cooperativa dos taxistas, Pedro Santos, foi feita uma vistoria na Central de Flagrantes e viu que o acusado não está lá, já que foi levado para atendimento médico no HUT  (Hospital de Urgência de Teresina) após ter sido agredido a facadas por um dos taxistas. 

Pedro Santos diz que Erikles confessou o crime e é o mesmo que matou o taxista na Santa Maria da Codipi. Ele estava preso e foi libertado há três dias.
“A culpa é da Justiça”, declarou Pedro Santos ao afirmar que ele e os representantes dos taxistas vão se reunir às 10h com James Guerra, que determinou que os taxistas desbloqueiem a Coelho de Resende e saiam da frente da Central de Flagrantes.
Revoltados, os taxistas provocaram grande tumulto na Central de Flagrantes, chegando a agredir agentes da Strans assim como provocaram quebradeira na delegacia, a categoria ateou pedras nas vidraças que acertaram alguns computadores e máquinas da Central.

PIAUÍ: QUEM GOVERNA O GOVERNO?, indaga jornalista

Release encaminhado a mim pela Assessoria de Zé Filho, informa que no programa de rádio e TV do governador-candidato, ontem, ele fez a inovadora proposta de contratação de 1.000 novos professores.

Eu acho que o governador deveria ouvir o secretário de Governo dele, o ex-senador Freitas Neto, que aconselhava: mais importante que governar é governar o Governo. 

...Isso porque alguém que, sendo o governador do Piauí, propõe "realizar concurso para 1000 novos professores da rede estadual de ensino com ampla valorização e aperfeiçoamento dos profissionais", obviamente que nem governa o Governo nem sabe o que está ocorrendo na administração pública estadual.

Zé Filho não precisa fazer concurso para professores porque este concurso já foi feito. Aliás, ocorreu em maio, com resultado divulgado em julho, para o preenchimento de 2.950 vagas em todas as GREs - Gerências Regionais de Educação. 

Se o programa de TV do governador-candidato não tem essa informação, eu fico me perguntando: "Quem governa o Governo?". (escrito pelo jornalista Cláudio Barros)

Marina Silva: A CANDIDATURA DOS BANQUEIROS

Marina e seu time, mas do passado !

Assessor de Marina e ex Banqueiro André Lara Rezende, foi um dos economistas que aconselhou Fernando Collor a lançar o plano de confisco da poupança dos brasileiros, o que gerou recessão na economia a época, inflação disparada.

Também foi Ministro de FHC, que caiu na CPI dos Grampos e é suspeito de enriquecimento ilicito através de informações privilegiadas quando foi lançado o real e o mesmo viu seu banco crescer assustadoramente com a valorização da moeda. por Raul Meneleu

Autor do viral do Pastor não imaginava que peido fosse considerado verdadeiro

Uma montagem em que o candidato do PSC à presidência Pastor Everaldo aparece na bancada do Jornal Nacional soltando um escandaloso “pum” se espalhou pela web.
O episódio já garantiu um dos momentos mais bizarros desta disputa presidencial e mostra como a internet está participando ativamente da discussão política, ainda que de forma surreal e escrachada.

O criador da montagem, que prefere se manter anônimo, não tem ligação com partidos políticos, e diz que fez o vídeo como um “exercício envolvendo humor e política no YouTube”.

Ele se inspirou em outro viral, só que americano: o hillary Clinton Farts, de 2008, que mostra uma cena muito parecida. Na montagem, a então candidata Hillary participa de um debate, quando solta um “pum” inesperado, para constrangimento dos outros participantes.

O vídeo foi criado pelo youtuber Michael Stevens, que na época fazia sátiras políticas em vídeo.

“Muita gente pode pensar que o vídeo é um deboche descarado do candidato Everaldo. Mas a edição é um exercício de criação de conteúdo envolvendo humor e política no YouTube”, diz o criador. “Poderia ter sido com qualquer candidato, mas a entrevista que gerou as melhores expressões e os melhores gestos para encaixar a brincadeira foi essa.”

O autor da sátira só não esperava que as pessoas se confundissem, pensando que a cena tivesse ocorrido de verdade. “Foi uma surpresa! Porque a montagem foi feita de uma forma bem explícita”, diz. “Quem viu a entrevista ao vivo sabe que isso não aconteceu. A graça da internet é que as piadas continuam nos comentários, então achei muito legal de perceber que muita gente estava rindo à beça com a piada.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Pesquisa que mostra crescimento de Zé Filho são pagas por tesoureiro da FIEPI que tem vasta ficha na Policia e Justiça do Piaui e Maranhão

A pesquisa do instituto “Credibilidade”, divulgada hoje (28.08) que mostra o candidato Wellington Dias  (PT), com 45% e Zé Filho (PMDB) com 30 % das intenções de voto do eleitorado piauiense é mais uma daquelas que o povo sempre desconfia dos seus resultados.

A suspeita pesquisa do “Credibilidade” revela claramente que é feita, intencionalmente, de forma tendenciosa para mostrar crescimento do candidato governista e queda do candidato da oposição, numa nítida intenção de enganar os eleitores.

A pesquisa foi contratada por ninguém menos que o senhor Robério Barroso Cantalice, tesoureiro da FIEPI, homem de confiança de Zé Filho e também com vasta ficha corrida na Polícia e na Justiça do Piauí e  Maranhão. 

III Semana do Bebê em Parnaíba será iniciada na sexta-feira, dia 29

A III Semana do Bebê será iniciada nesta sexta-feira (29), com um encontro que acontecerá no auditório da APAE,  entre gestores da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc) e demais parceiros. A Semana do Bebê é uma estratégia de mobilização social, apoiada pelo UNICEF, que tem como objetivo principal incentivar os municípios a realizar ações  em favor da primeira infância.
No encontro será apresentado o Projeto disponibilizando as atividades que serão desenvolvidas em Parnaíba no prazo de 29 a 05 de setembro, tendo como publico alvo os usuários dos Cras e programas sociais.

Numa ação conjunta que envolve saúde, educação e assistência social a Semana do Bebê contempla discussões e ações de visem ampliar conhecimentos em torno da fase de crescimento de crianças de até 6 anos de idade, propondo o desenvolvimento infantil saudável e a prevenção de risco social. Ao realizar a Semana do Bebê, Parnaíba reforça a importância do compromisso com a sobrevivência infantil.

Confira a Programação:

PESQUISA AMOSTRAGEM TERESINA: Wellington Dias 46%, Zé Filho 25% e Mão Santa 6%

A pesquisa do Instituto Piauiense de Opinião Publica – amostragem e o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte realizado entre os dias 23 e 26 de agosto com 800 eleitores de 16 ou maias anos de idade em Teresina apontou que o candidato do PT ao Governo do Estado, Wellington Dias tem 46, 25% das intenções de voto estimuladas.
A pesquisa foi divulgada na tarde desta quinta-feira (28) no Programa Agora da Rede Meio Norte.

O candidato do PMDB a reeleição, Zé Filho, tem 25, 63% ;

O candidato do PSC ao governo, Francisco de Assis Moares Souza, o Mão Santa, 6, 88%;

O candidato do PSOL, Maklandel Aquino, tem 2,25% das intenções de votos estimuladas; Daniel Solon tem 0,88%; Lourdes Melo, 0,63% e Neto Sambaíba, o candidato do PPL tem 0, 38% das intenções de votos.

Os eleitores que não sabem e nem opinam representam 8,38% e os que disseram votar em branco ou nulo são 8,75%.

O Instituto Amostragem e o Sistema Meio Norte de comunicação também fez a pesquisa de intenções de voto espontânea (quando o entrevistado não apresenta o nome do candidatos ao eleitor). O candidato Wellington Dias tem 29,80% das intenções de votos espontâneas, Zé filho tem 26% e Mão Santa tem 3%.

O candidato do PSOL, Maklandel Aquino, 075% das intenções de votos espontâneas; Daniel Solon 0,38%; Neto Sambaíba 0,13% das intenções espontâneas e Lourdes 0,13% das intenções espontâneas. Nessa categoria da intenções de votos espontâneas 41, 25% dos eleitores disseram que não sabem ou não opinam e 6,88% disseram que querem votar nulo ou branco.

A margem de erro da pesquisa é de 3,33% para mais ou para menos e o nível de confiança de 95%. A pesquisa do Amostragem foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE) sobre protocolo de número 0092/2014 no dia 23 de agosto.
 Elmano Ferrer tem 52,88%, aponta Amostragem

O Instituto Piauiense de Opinião Pública – Amostragem e o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, realizado em Teresina com 800 eleitores entre os dias 23 a 26 de agosto de 16 anos ou mais de idade apontou que Elmano Ferrer (PTB) tem 52,88% das intenções de votos estimuladas para o Senado. O candidato do PSB ao Senado, Wilson Martins, tem 23% das intenções de votos estimuladas; o candidato do PSTU, Geraldo Carvalho, 2,13% das intenções de voto, o candidato do PSC, Gustavo Henrique, 2% das intenções de voto; o candidato do PPL, professor Claudinor, 1,88% das intenções de votos e o candidato do PCB Aldir Nunes, tem 0,13% das intenções de votos;

Os eleitores que não sabem ou não opinam em quem votar representam 9,5%. E os que disseram votar em branco, 8,5%.

A pesquisa tem uma margem de erro de 3,33% para mais ou para menos e nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no TRE do Piauí sobre o protocolo e número 0092/2014 no dia 23 de agosto.

A pesquisa apurou que em relação as intenções de votos espontâneas (onde o eleitor diz em que vai votar sem que o entrevistador apresente os nomes dos candidatos), Elmano Ferrer tem 30,75%, Wilson Martins 10, 75%, Geraldo Carvalho, 0,50%, Gustavo Henrique, 0,50 e professor Claudionor, 01,3%. Não sabem e não opinam na pesquisa espontânea 0,53% e brancos e nulos 3, 88%.
Portal Meio Norte\Eleições
 
Copyright (c) 2008-2010 FerramentasBlog.com | Tecnologia do Blogger | Sobre LemosIdeias.com | Não são autorizadas obras derivadas.