• NOTA DE REPÚDIO AO BROGUEIRO JEAN JORGE DO BLOG AGORA PARNAÍBA E REGIÃO

    Vimos através desta externar nosso Repúdio ao Blogueiro Jean Jorge do Blog Agora Parnaíba e Região, pela reprodução de uma matéria no referido Blog, onde o mesmo usou este meio para ferir os direitos de dignidade em memória da Travesti Michelle Santos...Leia Mais

  • CÂMARA MUNICIPAL DE CAJUEIRO DA PRAIA REALIZA AUDIÊNCIA PÚBLICA CONTRA FECHAMENTO DE 06 ESCOLAS NO MUNICÍPIO

    A audiência pública foi para tratar do fechamento de 06 escolas municipais determinado pela Prefeita Vânia Ribeiro...Leia Mais

  • CASO DA PARNAIBANA ARIANE: ADOLESCENTES MATAM, CERTOS DA IMPUNIDADE

    O crime que chocou o Piauí levantou a discussão sobre uma série de problemas. Mãe solteira de um menino de cinco anos, humilde, moradora da periferia, desempregada e que precisava andar bastante para pegar um coletivo...Leia Mais

  • PREFEITO FLORENTINO NETO HOMENAGEARÁ A TRAVESTI MICHELLY SANTOS COM O NOME EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

    O prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, escolherá uma das quatro Unidades Básicas de Saúde em construção para colocar o nome da travesti Michelly Santos assassinada em 16/08/2013 e diante do reconhecimento das atividades realizadas pelo Grupo GUARÁ...Leia Mais

  • O QUE LEVA ALGUÉM A FAZER UM SELFIE APÓS CAPOTAR O CARRO A 180KM/H?

    Logo após o acidente ela começou a fazer e publicar selfies nas redes sociais, ainda com o rosto ensanguentado, e virou piada na internet...Leia Mais

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Empresa espanhola Acciona faz proposta ao Governo do Estado para construir e gerir Porto de Luís Correia


Empresa espanhola Acciona faz proposta ao Governo do Estado para construir e gerir Porto de Luís Correia A empresa Acciona, da Espanha, que participa do consórcio que está construindo o Metrô de Fortaleza (CE), procurou o governador Wellington Dias (PT) para fazer a proposta de construção e gestão do Porto de Luís Correia, que está com suas obras paralisadas no litoral piauiense, informou a senadora Regina Sousa (PT), em entrevista concedida ao Jornal Meio Norte.
Ela afirmou que a empresa espanhola Acciona quer construir e gerir o Porto de Luís Correia em uma Parceria Público-Privada (PPP). O contato foi feito através do senador José Pimentel (PT-CE), que é piauiense, que falou com Regina Sousa para conseguir encontro com o governador Wellington Dias.

“Agora, o governo se abre para Parcerias Públicas Privadas, que também é um caminho. Eu já trouxe para o governador (Wellington Dias), em uma audiência, a solicitação de uma empresa espanhola, que está trabalhando no Metrô do Ceará, que se interessou na construção e gestão do Porto de Luís Correia. Pode sair a alternativa para a construção do porto. O governador Wellington Dias vai conversar com a empresa da Espanha. Isso também é uma forma de ajudar, vendo parcerias porque a iniciativa privada tem mais condições de fazer com mais rapidez as coisas porque tem recursos. Essa empresa é muito grande, a Acciona, já fazendo o Metrô de Fortaleza, mas ela vem, pediu o encontro com o governador. Estamos de todas as formas tentando ajudar o Estado. Foi o senador (José) Pimentel, do Ceará, que procurou a gente para que a Acciona apresentasse a proposta e falasse com o governador Wellington Dias. A Acciona quer uma Parceria Pública Privada para a construção do Porto de Luís Correia porque se for pelo Governo Federal demora muito. Sabemos as dificuldades enfrentadas pelo Governo Federal no caso do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). É uma obra cara e se tiver um parceiro é melhor. Porto, rodovias em uma Parceria Pública Privada´, e o governador tem um programa nessa linha, é uma coisa que pode dar certo!”, declarou Regina Sousa.

 Meio Norte – O que a senhora pensa fazer pelo Piauí como senadora?

Regina Sousa – Senador não pode estar prometendo. Eu trabalhei no gabinete de Wellington (Dias, no Senado) e vi como são as dificuldades. A gente tem que trabalhar. Eu vou ser mais uma batalhadora por recursos para o Piauí. Emendas ao Orçamento Geral da União são coisas quase ilusórias, emenda a gente aprova, não é suficiente para atender a todos e demora a sair. O que tem de prefeitos que me procuraram por emendas para seus municípios é muito gente. Para se ter uma ideia, os recursos que estão saindo agora são as das emendas de 2013 e 2014. Elas demorar a sair e a gente tem que buscar, ver onde tem recursos onde o Governo do Estado tem projetos. Eu vou ser parceira do governador Wellington Dias e dos prefeitos nessa busca. Quando estiverem em Brasília, em um ministério, eu irei junto. A gente já tem um conhecimento muito grande nos ministérios e vamos facilitar o diálogo com os ministros e secretários executivos dos ministérios para a gente ter acesso mais rápido a recursos. A gente sabe que este ano será um ano difícil não só para o Piauí, para o Governo Federal também. Eu não estou esperando que venham muitas coisas, mas tem a iniciativa privada. Agora, o governo se abre para Parcerias Públicas Privadas, que também é um caminho. Eu já trouxe para o governador (Wellington Dias), em uma audiência, a solicitação de uma empresa espanhola, que está trabalhando no Metrô do Ceará, que se interessou na construção e gestão do Porto de Luís Correia. Pode sair a alternativa para a construção do porto. O governador Wellington Dias vai conversar com a empresa da Espanha. Isso também é uma forma de ajudar, vendo parcerias porque a iniciativa privada tem mais condições de fazer com mais rapidez as coisas porque tem recursos. Essa empresa é muito grande, a Acciona, já fazendo o Metrô de Fortaleza, mas ela vem, pediu o encontro com o governador. Estamos de todas as formas tentando ajudar o Estado.

Meio Norte – A empresa Acciona quer construir e gerir o Porto de Luís Correia?

Regina Sousa – Isso, Foi o senador (José) Pimentel, do Ceará, que procurou a gente para que a Acciona apresentasse a proposta e falasse com o governador Wellington Dias. A Acciona quer uma Parceria Pública Privada para a construção do Porto de Luís Correia porque se for pelo Governo Federal demora muito. Sabemos as dificuldades enfrentadas pelo Governo Federal no caso do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). É uma cara e se tiver um parceiro é melhor. Porto, rodovias em uma Parceria Pública Privada´, e o governador tem um programa nessa linha, é uma coisa que pode dar certo.

Meio Norte – O PT, partido do que a senhora é presidente no Piauí, e o Governo Federal devem enfrentar um ano duro no Congresso Nacional, com a oposição ameaçando impeachment da presidente Dilma Rousseff, mudanças na economia a a espreita do PSDB que quer conquistar o poder depois da eleição. Como uma senadora petista vai atuar neste cenário?

Regina Sousa – Inicialmente, nós vamos atuar como bancada. Nós temos a nossa bancada. No sábado tivemos uma reunião e vamos ver a atuação de cada um. Nós somos uma bancada pequena no Senado, mas muito aguerrida e valente. Vamos ficar lá na defesa do governo, contra as tentativas de golpe e combatendo o bom combate, não vamos ficar quietos vendo a oposição cercar o governo, vamos fazer o bom combate.

Meio Norte – A senhora interpreta a ação da oposição como golpe?

Regina Sousa – Na medida em que a presidente Dilma foi reeleita com o resultado das ruas, a tentativa de seu afastamento é golpe. É querer derrubar uma presidente eleita nas urnas em um período tão recente, tem que deixar ela atuar para eles verem se têm algum motivo para eles quererem que ela saia, não pode ser apenas uma revanche eleitoral, perdeu as eleições e não se conforma que perdeu. Isso não existe.

Meio Norte – A senhora diz que vai atuar no Senado na área de direitos humanos. A senhora pode explicar melhor?

Regina Sousa – Direitos humanos no Brasil é uma questão que pouca gente abraça. Pela luta dos movimentos sociais, nós temos uma legislação muito boa, mas essa legislação só se concretiza com as pessoas fazendo ela acontecer. Eu propor projetos de lei de acordo com a chegada das propostas e demandas dos movimentos. A gente vai propor, mas se a gente fizer cumprir o que está lá no Plano Nacional de Direitos Humanos, a terceira versão, está muito bom, mas a questão é que o plano existe, mas o que a gente vê acontecendo com as mulheres são mulheres violentadas, a gente vê que a discriminação contra os negros continua muito morte, os homossexuais são discriminados. Agora tem até um caso de discriminação de alguém do Exército por ser homossexual. Isso não pode mais acontecer neste país. Essa luta é que eu quero encampar. Eu sei que vai ser dura, var ser árdua e pode nem dar votos, mas eu não estou preocupada com isso. Eu quero que as pessoas tenham direitos iguais.

Meio Norte – Como é se coaduna essa proposta de direitos humanos com uma sociedade que quer fazer justiça com as próprias mãos, cansada da impunidade e da marginalidade?

Regina Sousa – São compatíveis o respeito aos direitos humanos e a segurança. Segurança pública é um direito, o direito à vida, direito à liberdade de ir e vir, tudo isso vamos trabalhar junto com o governo para que sejam adotadas políticas que visem diminuir o que está acontecendo hoje no Brasil e no Piauí.
Meio Norte/Efrém Ribeiro

Entrega de viaturas pela Polícia Militar beneficiará sete municípios piauienses


Foram entregues nesta sexta-feira (30), no Quartel do Comando Geral da Policia Militar, cinco viaturas para a região metropolitana de Teresina. As viaturas vão beneficiar os municípios de União, José de Freitas, Nazária, Altos e Demerval Lobão.
O comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Augusto Gomes de Souza, relata que a pretensão da PM com a entrega desses veículos, é coibir a ação dos criminosos e levar segurança aos municípios piauienses. “Queremos intensificar o policiamento a fim de inibir a criminalidade. A população precisa ver a presença da Polícia Militar nas ruas fazendo rondas ostensivas. Essas viaturas possibilitam esse poder de reação do policial”, explica.

A solenidade de entrega foi prestigiada pelos prefeitos de Demerval Lobão, Júnior Carvalho; de Altos, Patrícia Leal; o deputado estadual João de Deus, futuro secretário de segurança e deputado federal eleito, Fábio Abreu e lideranças comunitárias dos municípios locais.

O coronel Carlos Augusto, na ocasião, citou que, além dessas viaturas entregues hoje, os municípios de Cristino Castro e Simplício Mendes também já foram contemplados com uma viatura cada.

“As viaturas serão utilizadas nesse policiamento ostensivo nos municípios contemplados. Hoje, tanto a capital quanto os municípios mais distantes, sofrem com a criminalidade. A população tem que saber que está protegida no meio e no fim de semana”, conclui.
Ascom

Jovem de Teresina tem vídeo mantendo relação sexual com namorado vazado na internet


Vazou no WhatsApp Video Porno Amador de M. L. F. Funcionária da UDI – Teresina – PI. Mais um super escândalo amador brasileiro, aparece com seu ex- namorado.  Confira agora, o segundo vídeo: vídeo amador dela também e as fotos que vazaram.

sábado, 31 de janeiro de 2015

No Sertão do Piauí, pai e filho dão aulas de sanfona no quintal de casa


Em São Raimundo Nonato, a 530 km de Teresina, o som que ecoa da sanfona estimula sonhos e alimenta esperanças. Um projeto cultural criado em 2011 pelo empreendedor musical Salvador Nunes e pelo seu filho Sandro Dias ensina a arte de tocar instrumentos a dezenas de crianças, jovens e adultos. Com poucos recursos e sem apoio de entidades governamentais, o projeto intitulado “Acordes do Campestre” é executado no terreiro da casa onde moram, em um bairro carente da cidade.
O sonho do jovem professor sanfoneiro é expandir a iniciativa e poder oferecer uma melhor estrutura para os alunos.
Sandro Dias, conhecido na região como Sandrinho do Acordeom, aprendeu tocar sanfona aos 13 anos, quando ainda morava com os pais na vizinha cidade de Dom Inocêncio, distante 104 km. Apaixonado pela música, ele resolveu, com o incentivo do pai, transmitir o conhecimento aos jovens que tivessem interesse. Hoje com 21 anos, Sandro é o coordenador do projeto que ensina música voluntariamente.

Segundo ele, os jovens têm aulas de segunda a sexta-feira e podem aprender a tocar os mais diversos instrumentos. “Nós não cobramos nada para dar aulas, é tudo voluntário. Eles podem aprender a tocar os instrumentos que quiserem”, conta Sandrinho. Além da sanfona, o projeto também ensina flauta, baixo, violão, triângulo, zabumba e bateria. Qualquer jovem da cidade ou da região pode participar e existe apenas uma única exigência.
Aulas de música incluem ainda outros instrumentos
além da sanfona (Foto: Projeto Acordes do Campestre)
“A criança tem que ter no mínimo seis anos e precisa estar matriculada em uma escola”, lembra Sandrinho. Recentemente, o projeto passou a ter formalização jurídica e ganhou o nome de Associação Cultural Acordes do Campestre. Os jovens participam de apresentações na região e tocam hinos em corais durante os eventos. “Já fizemos apresentações em Teresina, em Bom Jesus e em cidades de Pernambuco como Afrânio e Petrolina”, informou Sandro.

O sonho do jovem professor sanfoneiro é expandir a iniciativa e poder oferecer uma melhor estrutura para os alunos. “Nossas aulas são em frente a minha casa, no terreiro mesmo. Nos reunimos todos os dias lá e geralmente temos aulas somente a tarde, quando já está na sombra”, disse. O primeiro grande passo já está sendo dado com a construção de um pequeno galpão ao lado da casa para que as aulas não sejam mais ao ar livre.

Salvador Nunes, pai de Sandro, é o grande entusiasta da iniciativa. Segundo ele, mais que ensinar música, o projeto ensina crianças e jovens a serem cidadãos. “Nosso objetivo não é apenas ensinar a tocar, mas também formar cidadãos. Nós usamos a música para fazer deles cidadãos de bem”, falou. Salvador conta que boa parte dos instrumentos utilizados no projeto é adquirida através de doações.

“Nós começamos com os instrumentos da nossa banda do Sandrinho do Acordeom, mas depois fomos recebendo algumas doações de mais instrumentos para colocar o projeto pra frente”, disse. Salvador explica que não aceitam doações de dinheiro em espécie, mas somente de instrumentos. “Já teve amigos que quiseram dar dinheiro, mas pedimos para que comprassem os instrumentos e nos trouxessem”, falou ele.
O sonho do jovem professor sanfoneiro é expandir a iniciativa (Foto: Projeto Acordes do Campestre)
Os pais da comunidade dão total apoio e reconhecem a importância do projeto Acordes do Campestre. “Meu filho mudou muito depois que começou a ter aulas com o Sandrinho. Ele era muito danado e não ligava tanto para os estudos”, contou Bento Mota, morador da cidade. O filho dele está há dois anos no projeto e já sai da escola direto para as aulas de música.

O Acordes do Campestre conta atualmente com cerca de 60 alunos, a maioria crianças e adolescentes. Alguns dos jovens já tocam em grupos musicais da região. Em virtude do trabalho voluntário que mantém na cidade, Sandrinho recebeu em 2014 o título de Cidadão Sanraimundense, concedido pela Câmara Municipal de Vereadores. O jovem professor de sanfona também já foi homenageado na Procissão dos Sanfoneiros de Teresina e conquistou três vezes o Festival de Sanfoneiros de Petrolina.
G1

Mulher “é tudo vaca” e só “gosta de dinheiro”, diz dono de boate


Na última segunda-feira (26), a opinião de um conhecido nome das noites paulistanas chamou a atenção nas redes sociais. Com um tom claramente machista e misógino, o DJ e sócio do Astronete – uma casa noturna da rua Augusta -, Claudio Medusa, postou uma declaração em que afirma que “mulher não gosta de pinto, gosta de segurança financeira” e, entre inúmeras ofensas, diz que “mulher é tudo vaca”.
Pouco tempo depois, diante das inúmeras críticas que a publicação gerou nas redes, o DJ apagou o post para, na sequência, publicar uma nota de retratação.

“Amigos e amigas, me desculpem pelo post infeliz. Eu estava de cabeça muito quente por conta de uma pessoa específica, que me prejudicou muito, e acabei descontando em todas. Eu não penso assim e quem realmente me conhece sabe disso”, afirmou.

Seu argumento, no entanto, parece não ter convencido internautas e, principalmente, o movimento feminista, que já está fazendo campanhas de boicote à casa noturna na internet.
Um ato de repúdio ao dono da boate, inclusive, já foi marcado. O evento, chamado de “Rolezinho no Astronete na conta de Claudio Medusa”, já tem mais de mil pessoas confirmadas.

Apesar do pedido de desculpas, uma rápida busca nas redes revela que o DJ já tem um histórico de intolerância, machismo e preconceito. Em seu blog, “Mondo Medusa”, textos antigos, de 2011 e 2012, trazem frases como:

“A não ser se você é mod e tem uma banda de garagem que lança disco e faz turnê na Europa. Nesse caso viver nos confins da Zona Leste não o impedirão de ter o pau chupado”.

“Alguém pode me explicar pra quê serve um índio em 2011 além de fazer artesanato de extremo mau-gosto?”.

“…o que deu às palavras ‘racismo’ e ‘preconceito’ todo um novo significado. Não ver diferença de raça, religião e opção sexual entre as pessoas não o livra de ser chamado de ‘preconceituoso’. É necessário aceitar qualquer bobagem estratosférica de um representante de alguma comunidade gay, ou de um membro do movimento negro (seja lá o que isso signifique)”.

O “Rolezinho no Astronete” está marcado para o dia 8 de março, a partir das 18h.

O post:

Prefeitura de parnaíba reforma escolas e climatiza salas de aula


A Prefeitura de Parnaíba está concluindo reformas em escolas do município, preparando o ambiente escolar para a volta às aulas próximo dia nove de fevereiro. Várias escolas estão recebendo novas carteiras para os alunos, serviços de retelhamento, pintura e reforma nos banheiros, substituição de equipamentos e ajustes nas instalações hidrossanitárias.
Além desses reparos, a Secretaria da Educação dá continuidade ao processo de climatização das salas de aula e de salas de leitura, onde recebem forro e também aparelhos de ar condicionado. Salas de aula e outros espaços receberam novas janelas e também grades para reforçar a segurança.

O objetivo do prefeito municipal Florentino Neto, é transforma a educação do município, oferecendo aos nossos alunos e professores todas as condições necessárias para a execução das atividades dentro e fora da sala de aula.
Superintendência de Comunicação

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Nota de repúdio ao blogueiro Jean Jorge do Blog Agora Parnaíba e Região


Blogueiro Jean Jorge do Blog Agora Parnaíba e Região
A Articulação Piauiense de Travestis e Transexuais – APTTRA, é uma entidade representativa da População de Travestis e Transexuais do Estado do Piauí, com representação nos 11 Territórios do Estado, a missão da APTTRA é mobilizar politicamente o maior número possível de pessoas Travestis e Transexuais no Piauí, para luta pelos Direitos Humanos, pela Inclusão Social e conscientização para um futuro igualitário, atua também na prevenção e educação comportamental de mudança de comportamento frente ao uso de drogas e infecção pelo vírus HIV/AIDS.

Vimos através desta externar nosso Repúdio ao Blogueiro Jean Jorge do Blog Agora Parnaíba e Região, pela reprodução de uma matéria no referido Blog, onde o mesmo usou este meio para ferir os direitos de dignidade em memória da Travesti Michelle Santos, e das demais Trans (Travestis e Transexuais), que trabalham como Profissionais do Sexo.

Repugnante tal posicionamento, então quer dizer que as PESSOAS Trans (Travestis e Transexuais), que são Profissionais do Sexo não são Cidadãs de deveres e direitos? É realmente é estarrecedor até onde vai a Ignorância e Intolerância de Alguns Seres que se dizem racional, parece que não aprende nada ao longo da vida, que veio ao mundo a toa, sem deixar um mérito na sua ligeira passagem por aqui. Pois lhe digo Cidadão que aquela Trans que está na esquina trabalhando para pagar seus impostos tem os mesmo direitos e deveres que você, pode espernear, gritar, falar o que quiser, pois é livre para expressar opinião, mas o seu direito termina, quando o do outro se inicia, não vamos confundir liberdade de expressão com liberdade de Opressão, quem não é exemplo para ninguém são pessoas que não sabem respeitar a individualidade alheia e se acha melhor que os outros, portanto, retire sua insignificância do Meio que Vamos passar. Nossas Congratulações ao Prefeito de Parnaíba pelo Ato, Merece todo o nosso Respeito, pois prova que um é gestor Comprometido com o Povo em sua Totalidade e não só com uma parcela da População. Abaixo ao Machismo, Racismo e Transfobia.

Comentário feito pelo Blogueiro Jean Jorge do Blog Agora Parnaíba e Região

O presidente do Grupo Guará Wellington Araújo se manifestou no facebook contra o ato praticado pelo blogueiro Jean Jorge.