Acabou a Copa, acabou o ‘amor’? Galvão volta a criticar jogador Neymar Jr. atualizada atualizada em: 11 de julho de 2018 comentarios 0 comente agora rss RSS

Acabou a seleção na Copa, acabou a ‘blindagem’ de Neymar na Globo.

Narrador quebrou o silêncio e voltou a questionar Neymar após eliminação da Copa: “Esperava que ele falasse qualquer coisa, mas falasse”

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o narrador Galvão Bueno soltou o verbo e questionou o camisa 10. Disse que Neymar precisaria dar explicações pelo baixo rendimento no Mundial da Rússia.

“Esperava que ele explicasse por que não foi o Neymar que ele mesmo esperava e que todos esperavam. O Alisson falou, o Miranda falou, o Renato Augusto falou, o Douglas Costas falou… acho que cabe àquele que é o líder técnico do time, à grande estrela do time, acho que passa sim por um processo de ter que dizer. Ele sentiu o tornozelo no meio do jogo, não sei se aquilo pode ter atrapalhado.

A gente não sabe até que ponto pode ter prejudicado. Se ele acha que foi bem na Copa ou não. Qualquer coisa, mas que falasse. Cada um tem sua responsabilidade. Esperava muito mais dele, mas também não digo que ele seja culpado”, afirmou.

Galvão resolveu romper o silêncio agora uma vez que pouco falou sobre Neymar durante o mundial na Rússia.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o narrador Galvão Bueno soltou o verbo e questionou o camisa 10

A patrulha foi forte. Se Galvão ousasse criticar o jogador, o troco viria em forma de corte de relações com a Globo, como já aconteceu recentemente. Os parças de Neymar também estavam a postos para detonar nas redes sociais o narrador e comentaristas que fizessem o mesmo.

Só assim dona Nadine (mãe do Neymar) pode participar da série de Glenda Koslowski com as mães dos craques do time do Brasil. “As Matrioskas”.

Nos jogos do seleção, havia até uma câmera especial dentro do Instituto Neymar, em Santos, para captar a reação das crianças e mostrar entre as comemorações que contemplam o onipresente Olodum na Bahia e os bonecões de Olinda.

Com a eliminação, Galvão voltou a falar livre, leve e solto (Fotos: Reprodução)

Mas, com a eliminação, Galvão voltou a falar livre, leve e solto.

“Ele (Neymar) não esteve bem no primeiro jogo, foi razoável no segundo, foi bem no terceiro e no quarto. O jogo da Bélgica era o dia dele brilhar. O Coutinho começou maravilhosamente bem e depois caiu. Gabriel Jesus também não foi feliz. Eu não gosto de elencar culpado, é o conjunto da obra. Ninguém tem que ser crucificado”, explicou Galvão em entrevista à rádio.

Casagrande é outro que falou pouquíssimo de Neymar durante a Copa.

Meses antes do mundial, o comentarista havia chamado o jogador de ‘mimado’ e ‘individualista’ e acabou sendo detonado pelo pai do craque. Assim como Galvão, Casão então evitou ao máximo falar do jogador durante os jogos da seleção na Rússia. Mas, após a eliminação, voltou a questioná-lo.

“Falar via Instagram é fácil e pouco significa”, disse o comentarista da Globo em entrevista.

Ele ainda afirmou que o jogador precisa saber se portar também diante das cobranças. “Falar ao seu povo após um derrota dolorosa, mais honrada, era o mínimo”, disse Casão.

R7

divisao

0 comentário Comente agora!

publicidade

redes sociais

publicidade