Assessor do prefeito Mão Santa ameaça ‘meter bala’ em jornalista imprimir publicado em: 29 / 11 / 2019

O GP1 teve acesso, nesta sexta-feira (29) a áudios em que o Chefe de Iluminação da Prefeitura de Parnaíba e assessor do prefeito Mão Santa, engenheiro Leônidas Melo, diz que vai ‘meter bala’ no jornalista Márcio Bikanca. O jornalista possui um portal na cidade.

A confusão iniciou em um grupo de WhatsApp após outro jornalista publicar uma reportagem com duas pessoas que tiveram que passar a madrugada em frente a um posto de saúde para conseguir marcar consultas.

O início da discussão aconteceu na noite de quinta-feira (28) quando o engenheiro sugeriu que as duas pessoas entrevistadas teriam falado com a reportagem em troca de pão com mortadela.

Bikanca então questionou a postura do engenheiro, que tem um cargo de confiança na gestão de Mão Santa e ele passou a ameaçar o jornalista.

“Palhaço, até agora te respeitei, mas chamar os outros de moleque… Eu queria que tu fosse fazer isso na Prefeitura lá na minha frente, queria ver se tu fosse homem para ir lá amanhã de manhã me chamar de moleque. Tu é um reporterzinho de meia tigela, com blog sem credibilidade. Então vai me chamar de moleque na Prefeitura para ver se tu não leva um sopapo, seu jumento”, disse nervoso o engenheiro.

O jornalista pediu para que Leônidas explicasse o que quis dizer com a acusação de que os pacientes deram entrevista em troca de pão com mortadela.

“Leônidas explique o que você quis dizer, você chamou o povo de morto de fome, que dá entrevista por um pão com mortadela ou você quis dizer que as pessoas são filiadas a algum partido político? Só porque estão reclamando de um serviço do prefeito. Rapaz, te toca. Tu deveria respeitar a população, que tu está agindo como um moleque. Isso não é papel de homem, não pé papel de gestor, não é papel de gestor. Isso é papel de moleque. Não tenho receio de dizer que isso daí que tu falou com esses dois pais de família, isso é papel de moleque. Achei até que eram palavras mal colocadas, mas aí tu está afirmando as tuas palavras. Só o que eu posso achar é que você é um moleque, você está agindo como um moleque, você está agindo como um moleque”, respondeu o jornalista.

Leônidas então sobe o tom e ameaça “encher de bala” o jornalista. “Eu te falei onde eu estava, seu jumento, venha aqui agora que vou te encher de bala, seu jumento”, ameaçou.

O jornalista respondeu a ameaça dizendo que não tinha medo de bala e chamou Leônidas de moleque. “Leônidas larga de ser otário que o ferreiro que fez teu revólver não fez só o teu não. Se tu tiver achando que tenho medo de bala, tu tá enganado. Agora essa questão de ameaçar com negócio de bala é coisa para moleque, para covarde porque vou contigo do jeito que tu quiser vir. Pensei que tu estava mandando eu ir aí para vir no braço comigo, mas tu está falando em bala. Mas eu vou do jeito que você quiser. Se tu tiver pensando que eu tenho medo de algum moleque desses que trabalha na prefeitura, tu está enganado. E procura teu lugar, seu safado”, disse.

“Rapaz, por isso que o povo fala mal desse Mão Santa porque a maioria do povo que se acompanha com ele é gente que não presta. É gente envolvida com crimes, gente envolvida com passagem pela polícia, gente desse naipe que acha que vão estar ameaçando as pessoas que as pessoas vão se acocar para eles. Olha, Leônidas e qualquer outro aqui, qualquer outro puxa saco que tiver achando que vão estar isentos de críticas, que vão estar achando que ameaça vai calar as pessoas, vocês estão enganados. Parnaíba é uma cidade livre e aqui, Parnaíba, é uma cidade de homem e coragem não é caganeira que dá em todo mundo não. Bote isso na sua cabeça. Caganeira é que dá em todo mundo, coragem não. Tem uns homens que tem coragem, bote isso na sua cabeça e pare de andar ameaçando as pessoas porque uma hora você encontra”, finalizou Bikanca.

MARCIO BIKANCA SE MANIFESTA:

Em entrevista ao GP1 nesta sexta-feira (29) o jornalista Márcio Bikanca confirmou as ameaças e a motivação. “Ele é assessor do prefeito, o cara ter um comportamento desses de deboche de um pai de família. Eu disse para ele que era lamentável um gestor da prefeitura ter esse tipo de comportamento, aí foi o estopim para ele fazer as ameaças”, contou.

Márcio disse ainda que não é a primeira vez que recebe ameaças de pessoas ligadas ao prefeito Mão Santa por criticar a gestão. O jornalista informou que deve fazer um Boletim de Ocorrência ainda na tarde desta sexta-feira (29).

Outro lado

Procurado pelo GP1, nesta sexta-feira (29), Leônidas Melo preferiu não se manifestar sobre o caso.

GP1

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas