Bolsonaro prometeu, mas não cumpriu promessa de investimentos nos Tabuleiros Litorâneos imprimir publicado em: 20 / 11 / 2019

De acordo com o relato do produtor e empresário, Josenilto Lacerda Vasconcelos em sua rede social, Facebook, os Tabuleiros Litorâneos são um importante fator de geração de emprego, trabalho, renda e divisas para a região norte do Piauí. Porém, corre sério risco de colapso, pois das duas bombas que necessita para fornecer água à irrigação dos atuais 1500 hectares em produção, apenas uma está funcionando e de forma precária (sobrecarregada e sem poder parar para manutenção obrigatória).

Visita do presidente Bolsonaro à Parnaíba/ Imagem: GP1

Ele diz ainda que uma segunda bomba que foi instalada com recursos dos próprios irrigantes há dois meses não funciona devido a uma falha na construção da adutora e a empresa que tinha iniciado o conserto, há duas semanas abandonou o serviço por falta de pagamento.

Bom dia mundo! Os Tabuleiros Litorâneos são um importante fator de geração de emprego, trabalho, renda e divisas para a…

Posted by Josenilto Lacerda Vasconcelos on Sunday, November 17, 2019

“Já foram gastos mais de 300 mil reais do Distrito de Irrigação (dinheiro dos próprios irrigantes) entre instalação da bomba (que não funciona) e diferença de tarifa de consumo de energia. Esse prejuízo pode se multiplicar caso o Governo Federal continue de costas para o projeto. Acerola, melancia (por exemplo) não podem passar mais que dois dias sem irrigar”, relata o produtor.

O presidente da República, Jair Bolsonaro esteve no dia 14 de agosto em Parnaíba e na ocasião, sobrevoou os Tabuleiros Litorâneos, importante produtor de orgânicos. Bolsonaro acompanhado do prefeito Mão Santa, prometeu um investimento de R$ 196 milhões (cento e noventa e seis milhões de reais), onde R$ 88 milhões (oitenta e oito milhões de reais) já estariam liberados. Porém, até agora nada aconteceu no local.

Bolsonaro em sobrevoo nos Tabuleiros Litorâneos/ Imagem: Planalto

Na mesma data em que esteve em Parnaíba, o presidente da república esteve em Petrolina, com o prefeito da cidade, Miguel Coelho e assinou uma ordem de serviço de mais de R$ 18,5 milhões para investimentos em mobilidade urbana.

Com a situação, o prefeito Mão Santa caiu ainda mais em descrédito, já que nenhuma das promessas pelo governo federal foram cumpridas até aqui. Já passaram por Parnaíba, os ministros da Cidadania, Osmar Terra, da Agricultura, Tereza Cristina e do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

Por Tacyane Machado – Blog Extra Parnaíba

,

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas