Delegado afirma vingança motivou a morte de agente penitenciário em Parnaíba atualizada atualizada em: 10 de maio de 2018 comentarios 0 comente agora rss RSS

O delegado Carlos César Camelo, diretor do Núcleo de Inteligência da Secretaria Estadual de Segurança Pública, apresentou os resultados da investigação sobre o assassinado do agente penitenciário José Silvino da Siva, na cidade de Parnaíba, em novembro de 2017. Segundo ele, o crime foi motivado por vingança.

Agente penitenciário José Silvino. Foto: Reprodução

Os três acusados do crime foram presos na manhã de hoje, 09, dando fim as investigações. Segundo o delegado, a equipe da polícia suspeitou inicialmente de latrocínio, mas o real motivo foi descoberto somente após as prisões. “A motivação do crime talvez tenha sido a parte mais complexa da investigação. Inicialmente achávamos que era latrocínio, mas agora depois das prisões de Cândido e Rauellison, e da esposa do Cândido, confirmamos o homicídio. Ela confirmou na sua prisão que o marido havia reconhecido o agente, passando em frente ao seu estabelecimento comercial e voltou para matar”, afirmou.

Segundo a polícia, Cândido Araújo foi o autor do disparos, tendo como colaboradores do crime a esposa Marcilene Ferreira e o irmão Rauellison Araújo. Cândido já possui histórico criminoso, pois em outra ocasião, ele foi preso por tentar assassinar um empresário em Parnaíba. No entanto, a vítima portava uma arma e reagiu, desferindo vários tiros conta Cândido, que ficou em estado grave no hospital do município.

O delegado afirma que as desavenças de Cândido com o agente se iniciaram no presídio, após a prisão do acusado por este crime. “Ele realmente reconheceu José Silvino, que lá de dentro do presídio era coordenador. Lamentamos porque acabou sendo executado por exercer sua profissão. Uma vingança mesmo, por ele já ter passagem. Vingança pessoal quem ficou responsável pela guarda deles dentro do presídio”, comentou.

José Silvino foi assassinado na noite do dia 22 de novembro, na porta do estabelecimento comercial em que era proprietário, com três tiros a queima roupa.

Matéria Relacionada

Acusados de matar agente penitenciário em Parnaíba são presos

divisao

0 comentário Comente agora!

publicidade

redes sociais

publicidade