Dentista acusada de racismo contra bebê é presa novamente por ameaçar vítima imprimir publicado em: 08 / 02 / 2019

A dentista Deuzuíte Ribeiro de Macedo, acusada de fazer comentários racistas contra um bebê de um mês nas redes sociais, foi presa novamente nesta quinta-feira (7) após descumprir medidas alternativas impostas pela Justiça. Segundo o coordenador da Gerência de Polícia Especializada (GPE), o delegado Matheus Zanatta, a acusada vinha fazendo ameaças à vítima e sua família, mesmo após ser indiciada por racismo.

Dentista acusada de racismo é presa novamente por ameaçar vítima. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

De acordo com o delegado, a dentista já possui diversas passagens pela Polícia do Piauí e de São Paulo e é acusada de injúria qualificada, racismo e ameaça. “Ela já havia sido presa uma vez, ganhou liberdade, foram postas algumas medidas alternativas à prisão, mas ela veio a descumprir novamente essas medidas por meio de ameaças e intimidação à vítima e seus familiares”, explica.

O mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz da 1ª Vara de São Raimundo Nonato, Carlos Alberto Bezerra, foi decretado para garantir a ordem pública. Segundo a polícia, a dentista era considerada foragida e estaria abrigada na casa de familiares no município de São Raimundo Nonato.

Por meio de monitoramento da GPE, com apoio da Polícia Civil de São Raimundo Nonato e Canto do Buriti, Deuzuíte Ribeiro de Macedo foi presa e está sendo conduzida para a capital, onde deverá aguardar julgamento em regime fechado na Penitenciária Feminina de Teresina.

Entenda

A dentista Deuzuíte Ribeiro de Macedo é acusada de fazer comentários racistas contra um bebê de um mês de idade, em uma rede social. A bebê era filha de uma colega de trabalho da acusada. O caso aconteceu na cidade de São Raimundo Nonato, no sul do estado, em abril de 2018. Na época, a acusada chegou a ser presa e, em depoimento à delegada de São Raimundo Nonato, Cíntia Vasconcelos, declarou que queria atingir apenas a vítima, não a população negra de um modo geral. O caso teve grande repercussão na mídia e nas redes sociais.

Por: Nathalia Amaral, com informações de Chico Filho. | Portal ODia

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas