Incêndio no aterro sanitário de Ilha Grande já dura mais de 24 horas imprimir publicado em: 18 / 10 / 2019

O incêndio que toma conta do aterro sanitário de Ilha Grande do Piauí, a 346 Km de Teresina, já dura mais de 24 horas. O fogo no local foi detectado por volta das 9 horas da manhã de ontem (16) e até o momento os bombeiros ainda não conseguiram controlar as chamas. Acredita-se que o incêndio tenha começado porque os próprios catadores de lixo teriam inadvertidamente colocado fogo em alguns materiais para fazer limpeza.

Em conversa com a reportagem do Portal O Dia, o major Rivelino Moura, comandante do Corpo de Bombeiros do Litoral, deu mais detalhes de como está a situação. “Nesse aterro de Ilha Grande tem um fogo generalizado que está tomando toda a área do lixão e infelizmente ainda não temos controle. No momento o fogo está no chão, com as chamas um pouco mais baixas, mas ainda sim há dificuldades e apaga-las por completo”, relata.

Essa situação do aterro sanitário de Ilha Grande é só uma dentre as nove ocorrências que foram registradas durante o dia de ontem na região do litoral e meio norte piauiense. Foram grandes focos de incêndio que o Corpo de Bombeiros começou a combater por volta das 9 horas da manhã, mas só conseguiram controlar por completo no final da tarde.

 

Os fortes ventos do litoral colaboram para que as chamas se alastrem mais rapidamente e dificultam o trabalho dos bombeiros. “Qualquer pequeno incêndio rapidamente cresce acelerado pelo vento e se espalha facilmente por todo o mato que se encontra seco pelas altas temperaturas e umidade baixa, principalmente no período da tarde”, explica o major Rivelino.

A fumaça que é liberada nestes incêndios também é motivo de preocupação. Isto porque ela invade casas e afeta principalmente idosos e pessoas com problemas respiratórios. Ouça abaixo no áudio do major Rivelino Moura.

De modo a conter os incêndios na região do meio norte e litoral do Piauí, o Corpo de Bombeiros destacou duas equipes de Piripiri e de Parnaíba para trabalhar diuturnamente no combate ao fogo.

Por: Maria Clara Estrêla | Portal ODia

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas