Ministério Público denuncia sargento da Polícia Militar preso por tráfico de drogas em Teresina  atualizada atualizada em: 11 de janeiro de 2018 comentarios 0 comente agora rss RSS

O Ministério Público do Estado do Piauí denunciou o sargento da Polícia Militar, José Adonias de Sousa Carvalho, Antônio Carlos de Sousa Santos e Carlos Bruno Torres pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de entorpecentes e porte ilegal de munição e arma de fogo. A denúncia foi oferecida pela promotora de Justiça Fabrícia Barbosa Oliveira, em 14 de dezembro de 2017.


Eles foram presos no dia 9 de novembro, durante ação da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), com 64 tabletes de maconha, no bairro Água Mineral.

Segundo o delegado Menandro Pedro, coordenador da Depre, a Polícia Civil com apoio da Polícia Militar iniciou uma investigação há cerca de seis meses que constatou que Adonias era o chefe de um grupo de pessoas envolvido com tráfico de drogas. Na operação também foi apreendido um carro modelo Ônix, que faria o transporte da droga para o Maranhão.

Durante a ação, Antônio Carlos de Sousa Santos, o “Bola Sete”, estava com uma arma na cintura que pertencia à Polícia Militar do Piauí e um carregador municiado.

O sargento negou, durante interrogatório, a prática dos delitos de tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico ao afirmar que não sabia que dentro do carro possuía a droga. Quanto à arma de fogo, uma pistola cautelada pelo Estado, afirmou que a mesma estava no porta-luvas do carro Ônix prata.

POR: BRUNNO SUÊNIO | GP1

divisao

0 comentário Comente agora!

publicidade

redes sociais

publicidade