Nota de esclarecimento | Chamada Geral de Parnaíba -
Nota de esclarecimento atualizada atualizada em: 10 de fevereiro de 2018 comentarios 0 comente agora rss RSS

Com relação ao episódio veiculado na matéria que envolveu as fotos dos policiais, em especial ao Sr. Roberto Paula de Lima, o Portal Chamada Geral Parnaíba, informa:

O portal jamais teve o intuito de prejudicar em especial o Sr. Roberto Paula de Lima. O editor deste portal removerá a imagem como também a matéria por outras questões.

Abaixo a nota enviado pela assessoria jurídica do Sr. Roberto Paula de Lima

Tendo em vista a notícia “População do Piauí teme abordagem policial”, publicada no dia 04 de Janeiro de 2018, pelo Portal Chamada Geral Parnaíba, na qual foi veiculada a foto de policiais, incluindo o Sr. Roberto Paula de Lima, viemos por meio deste uma retratação da matéria.

Cumpre ressaltar que a publicação da resposta em anexo trata-se de direito do Sr. Roberto Paula de Lima, assegurado tanto pela constituição em art. 5º, V, CF, bem como art. 2º da lei 13.188/2015. Ademais, nos termos da Lei 13.188/2015, a resposta terá o destaque, a publicidade e a dimensão no prazo de 7 (sete) dias constados do recebimento do pedido.

Ressalta-se que a veiculação da matéria que trata de casos de repercussão nacional como o caso da menor Emily, associa, indevidamente, a imagens de policiais que nada tem a ver com tais casos, que porém, tiveram sua imagem aliada ao caso que chocou o país e, co isto, causou transtornos para todos os policiais que aparecem na referida foto, em especial o Sr. Roberto. Assim solicitamos uma retratação da matéria no sentido de desassociar a imagem dos policiais aos casos relatados, ficando claro que os mesmos não possuem NENHUMA relação aos fatos narrados na matéria.

Antecipando, pois, a V. S. meus agradecimentos pela publicação integral da resposta em anexo, subscrevo-me cordialmente.

Atenciosamente:

Jéssica Brenda Ribeiro de Sousa Fortes
OAB-PI 12.904

divisao

0 comentário Comente agora!

publicidade

redes sociais

publicidade