Polícia faz buscas na casa da delegada Cassandra Moraes; marido é considerado foragido imprimir publicado em: 28 / 05 / 2019

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), órgão vinculado ao Ministério Público do Piauí, deflagrou na manhã desta terça-feira, 28 de maio, em Luís Correia e Teresina, as operações “Nullius Terram” e “Sal da Terra”, com o objetivo de cumprir dez mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão.

Segundo informações divulgadas pelo GAECO, as operações visam, respectivamente, apurar a prática de grilagem de terras e investigar a formação de milícia armada, no município de Luís Correia.

A mobilização tem por finalidade o levantamento de elementos probatórios a serem utilizados nas investigações coordenadas pelo Ministério Público do Piauí (MP-PI).

Dentre os alvos das operações, que contaram com o apoio da Polícia Civil do Piauí, está o empresário Luiz Nunes Neto, esposo da delegada Cassandra Moraes Sousa, filha do prefeito da cidade de Parnaíba, Mão Santa.

Além do genro do prefeito Mão Santa, também foi alvo das operações um empresário e servidor da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), identificado como Mádson Roger Silva Lima, que foi preso por volta das 7h. Ele é suspeito de grilagem de terra, organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção, fraude processual e falsidade ideológica.

O dono de um cartório de Luís Correia também foi alvo das operações, com o GAECO cumprindo um mandado de busca e apreensão na sua residência.

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas