Praia de Atalaia, em Luís Correia segue imprópria para banho, alerta SEMAR imprimir publicado em: 16 / 11 / 2019

Afetada pelo retorno das manchas de óleo na sexta-feira (15) , a praia de Atalaia, em Luís Correia, segue inapropriada para banho neste sábado (16), é o que informa a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), que mantém equipes e faz a sinalização no local, de acordo com a resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), para alertar a população sobre o problema. Ainda não há previsão para que a situação seja normalizada.

(Foto: Ascom)

“Foram colocadas placas indicativas de que a qualidade da água em Atalaia está imprópria para banho. Essa medida visa preservar a vida do banhistas”, disse Renato Nogueira, Gerente de Fiscalização da Semar

Paralelo a essa ação, equipes Capitania dos Portos, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do ICMBio, e das prefeituras dos municípios afetados também trabalham a limpeza e coleta do material, bem como na orientação dos banhistas que chegam aos locais atingidos pelo óleo.

Segundo Nogueira, a Semar irá monitorar e reavaliar situação de outras praias, como a de Pontal; localizada em Ilha Grande; Peito de Moça, em Luís Correia; Ilha dos Poldros, no Maranhão, que integra o Delta do Parnaíba e na praia da Pedra do Sal , famoso ponto turístico paraibano, que também registraram a presença do resíduo na última sexta-feira (15), que porém, apresentam situação menos preocupante que a de Atalaia.

(Foto: Ascom)

Das 16 praias do litoral piauiense, sete já foram atingidas pelas manchas de óleo. Ao todo, mais de 1,5 tonelada da substância já foi retirada dessas praias desde setembro, quando foram registrada as primeiras ocorrências no estado. Somente ontem foram 835 kg em Atalaia, Peito de Moça e na Pedra do Sal.

Por: Breno Cavalcante | PortalOdia

, , ,

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas