Sem laudos, Piauiense Segunda Divisão acaba sendo cancelado atualizada atualizada em: 10 de julho de 2018 comentarios 0 comente agora rss RSS

ão teve jeito. Mesmo com a prorrogação do prazo de entrega dos laudos dos estádios as equipes que se inscreveram para disputar a 2ª divisão do Piauiense não conseguiram entregar os laudos de vigilância sanitária e corpo de bombeiros a tempo e a competição está cancelada. Seis clubes se inscreveram; Timon, Ferroviário, Comercial, Caiçara, Picos e Cori-Sabbá, mas nenhum deles conseguiu a liberação de suas praças desportivas.

“Infelizmente. Nós queríamos realizar a competição e fizemos uma reunião há cerca de 50 dias atrás e depois disso uma nova reunião na ultima segunda-feira em que eles pediram prazo até a sexta-feira e nós demos até essa segunda, mas mesmo assim nenhum dos laudos foi entregue. Isso é dá lei e não uma exigência unilateral da federação”, explica o presidente Cesarino Oliveira.

Entre os dirigentes, ficou a frustração e também a revolta pelas dificuldades para se conseguir a liberação dos laudos através dos órgãos que fazem o gerenciamento dos estádios. “Os clubes precisam do poder publico, não para dar dinheiro, mas para ter o laudo dos bombeiros e eu não culpo a federação pelos clubes não terem conseguido, mas digo que é muito difícil, pois é uma coisa tão fácil e tão solicito, mas eles botam banca e fazem com que as competições não aconteçam”, afirmou Presidente do Timon, Leal.

Os dirigentes ficaram frustrados pelas dificuldades para se conseguir os laudos (Foto: Jailson Soares/O Dia)

Algumas equipes estavam trabalhando nós bastidores e formando o elenco que iria disputar a competição, caso, por exemplo, do Ferroviário do Litoral que chegou a assinar pré-contrato com alguns atletas. O diretor de Futebol, Ricardo Freire, lamentou o cancelamento da competição e chegou a buscar outros estádios para ser sede do Ferrim. “Nós buscamos além do Pedro Alelaf o Duduzão, teríamos os laudos hoje pela manhã, mas de toda forma não iria servir, pois as outras equipes não conseguiram. Lamentamos porque são empregos que deixam de ser gerados”.

A Série B desse ano não vai acontecer e com isso a primeira divisão de 2019 mais uma vez terá somente seis equipes brigando pelo titulo. Os estádios que estão sem laudos para receber jogos; Deusdeth de Melo (Campo Maior), Miguel Lima (Timon), Tibério Nunes (Floriano), Helvidio Nunes (Picos) e Pedro Alelaf (Parnaíba).

Por: Pâmella Maranhão – Jornal O Dia

divisao

0 comentário Comente agora!

publicidade

redes sociais

publicidade