Semar informa que praias do Piauí não serão interditadas imprimir publicado em: 16 / 10 / 2019

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semar) vem realizado o monitoramento das ocorrências de manchas de óleo no litoral piauiense por conta do derramamento que atingiu o Nordeste do Brasil ainda no mês de setembro. Visando discutir ações conjuntas, uma reunião foi realizada na tarde desta segunda-feira (14) no auditório da Capitania dos Portos do Piauí.

Além da formação de um grupo de trabalho envolvendo os órgãos de controle ambiental, bem como representantes das prefeituras dos quatro municípios da região (Parnaíba, Ilha Grande, Luís Correia e Cajueiro da Praia), outro ponto discutido no encontro foi o fato de que, pelo menos por enquanto, não há possibilidade de interdição das praias do Piauí, ao contrário do que chegou a ser divulgado.

Secretária Sádia Castro monitora praias do Piauí ao lado de fiscal da Semar

A secretária estadual do Meio Ambiente, Sádia Castro, informou que o Piauí foi um dos estados menos atingidos pelo derramamento do óleo e que desde o dia 30 de setembro não há registro de manchas em nenhuma praia nos 63 quilômetros de extensão da costa. A preocupação agora é com as consequências do desastre, não só pela questão ambiental, mas pelo aspecto econômico.

Quem também esteve presente na reunião foi a secretária estadual de Turismo, Carina Câmara. Em entrevista à TV Costa Norte, ela foi categórica ao afirmar que não há perspectiva de interdição de praias no Piauí. “Fomos informadas de que alguns turistas chegaram a desmarcar reservas em pousadas, então estamos aqui para frisar que nossas praias continuam belas e seguras para a visitação”, disse.

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas