Suparc promove audiência pública sobre Terminal de Barra Grande imprimir publicado em: 13 / 06 / 2019

Na próxima sexta-feira (14), a Superintendência de Parcerias e Concessões e a Secretaria de Estado do Turismo lançará o projeto de parceria público-privada do Terminal Turístico de Barra Grande para empresários, gestores e vereadores do município de Cajueiro da Praia. A reunião acontecerá às 15h, no Salão Paroquial da Igreja do vilarejo de Barra Grande, no litoral piauiense.

O Terminal de Barra Grande foi planejado para melhorar a chegada e partida de passageiros com destino ao vilarejo e diminuir o fluxo de veículos de grande porte no centro da cidade. O local conta com seis lojas, que serão destinadas à comercialização de souvenires, peças de artesanato e de passagens, praça de alimentação e cinco vagas para estacionamento e manobra de ônibus.

A ideia é modernizar e colocar em operação o local, a fim de atender à demanda da população e dos turistas que chegam à região. “Esse é um projeto que o Estado tem como objetivo principal fazer com que o Terminal Turístico efetivamente comece a funcionar, trabalhando com a perspectiva de que os serviços sejam executados, que o local tenha efetiva utilidade e que, de alguma forma, movimente a economia do município, gerando emprego e renda e atraindo mais turistas”, explica Viviane Moura, superintendente de parcerias e concessões do Estado.

A PPP prevê a modernização da estrutura construída, a requalificação do plano de iluminação no entorno do local e a promoção e estruturação de negócios que permitam a ocupação dos espaços construídos. A expectativa é que a licitação ocorra ainda em agosto.

De acordo com a Secretária de Estado do Turismo, Carina Câmara, o funcionamento do Terminal Turístico servirá para organizar o trânsito no litoral no acesso às praias. “Recebemos um grande fluxo de turistas em altas temporadas na região litorânea piauiense, muitos motoristas não tinham onde colocar os ônibus, além de também não terem um local adequado para descansar. Com a PPP e o Terminal em funcionamento adequado será diferente, o trânsito certamente ficará mais organizado. Além disso, haverá a movimentação da economia, já que os turistas poderão contar com a comercialização de produtos ligados ao nosso artesanato e muitos outros”, finaliza a gestora.

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas