Uespi oferta mais de 200 bolsas para os programas Pibic e Pibiti atualizada atualizada em: 13 de março de 2018 comentarios 0 comente agora rss RSS

A Universidade Estadual do Piauí (Uespi) torna público o edital com 205 bolsas para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e Desenvolvimento Tecnológico (Pibic) e Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti) 2018-2019. Do total, 198 são para Pibic e 7 para Pibiti.

O projeto do Pibic tem como objetivos dar apoio a atividades de pesquisas científicas entre alunos e professores; contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa; proporcionar ao bolsista, orientado por pesquisador, a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa; qualificar estudantes para ingresso nos programas de pós-graduação e potencializar o processo de formação de mestres e doutores, entre outros.

O Pibiti busca contribuir para a formação e inserção de estudantes em atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação; contribuir para a formação do cidadão pleno, com condições de participar de forma criativa e empreendedora na sua comunidade, e outros. Os dois programas têm a duração de 12 meses.

 Inscrições

As inscrições podem ser realizadas por meio do site do Sigprop entre os dias 26 de março e 27 de abril. O procedimento das inscrições da proposta se dá por meio do preenchimento dos dados cadastrais em sete etapas. Os pesquisadores poderão submeter até quatro projetos, indistintos quanto à modalidade (Pibic ou Pibiti).

As etapas são:

1 – Cadastro dos dados do(a) orientador(a): acessar o site, cadastrar em novo orientador, depois acessar o sistema eletrônico informando o CPF e senha cadastrada;

2 – Cadastro da área de conhecimento: selecionar uma área do conhecimento da Capes onde deseja que os projetos de pesquisa sejam avaliados;

3 – Cadastro do Curriculum Lattes: anexar o arquivo atualizado do currículo Lattes em formato PDF;

4 – Cadastro da Planilha de Produção Acadêmica: lançar a pontuação de acordo com a planilha e anexar os arquivos no formato PDF;

5 – Cadastro do (s) Projeto (s) de Pesquisa;

6 – Cadastro dos Dados do(a) discente: o orientador deverá informar o nome completo do(a) discente, CPF, curso, e-mail, telefone para contato, Coeficiente de Rendimento Acadêmico (CRA), informar se o discente ingressou por meio de sistema de cotas (Ações Afirmativas) e se o (a) discente deseja concorrer a bolsa;

7 – Geração do comprovante de submissão da proposta: gerar o protocolo atestando que as informações estão aptas a serem avaliadas.

Confira o edital

divisao

0 comentário Comente agora!

publicidade

redes sociais

publicidade