Vigilante do CRAS Mendonça Clark é morto durante a madrugada imprimir publicado em: 08 / 02 / 2019

O corpo de Antônio Laurindo Gonçalves, de 57 anos, foi encontrado nas primeiras horas desta sexta-feira (08) quando começaram a chegar os primeiros servidores do CRAS Mendonça Clark, situado na Rua 07 de Janeiro, bairro São José. A vítima trabalhava como vigilante do Centro de Referência da Assistência Social há pelo menos sete anos.

A Polícia Civil, a Perícia Criminal e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados e fizeram o isolamento do local, que ficou lotado de curiosos. O trabalho durou cerca de duas horas até que o corpo pudesse ser removido.

A principal suspeita é de latrocínio, pois os pertences pessoais da vítima, como a carteira, celular e uma bicicleta, não foram encontrados. Um botijão de gás e mantimentos alimentícios do CRAS também foram levados. Um simulacro de arma de fogo foi encontrado próximo ao corpo da vítima.

A cena do crime possuía muito sangue e sinais de que o vigia teria travado luta corporal com o criminoso. A perícia constatou que a morte aconteceu devido a um ferimento por arma branca. As investigações ficarão a cargo da Delegacia de Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio – DHTL.

Portal Costa Norte

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas