ALERTA! Adapi descarta contaminação em humanos após proibir suínos do CE

Após o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) confirmar casos de peste suína no Ceará a Agência de Desenvolvimento Agropecuário do Piauí (Adapi) resolveu proibir a entrada de suínos e seus produtos oriundos do estado vizinho por tempo indeterminado.

A peste suína africana é mortal para os animais (Foto: Rogério Albuquerque/Ed. Globo)

Em entrevista ao GP1, o gerente de Defesa Animal da Adapi, José Idílio, esclareceu algumas dúvidas acerca da transmissão e dos prejuízos que podem ser causados aos suinocultores. Segundo Idílio, o Piauí não possui nenhum foco de contaminação, mas a proibição de carne, linguiça, banha e couro de suínos cearenses se deu “exatamente para evitar a entrada do vírus no Piauí”.

Carne suína

Uma das grandes preocupações da população é sobre o consumo da carne de suínos e uma possível contaminação humana. José Idílio descarta a possibilidade tendo em vista que a doença não é uma “zoonose”, ou seja, não é transmitida para humanos.

“Não há nenhum problema. Essa doença não é nenhuma zoonose, não é transmitida aos seres humanos, é transmitida apenas por suínos domésticos e suínos selvagens, que são os javalis. É uma doença de ordem econômica e provoca grandes perdas na suinocultura, os prejuízos são para o setor produtivo”, afirmou o gerente.

O gerente de Defesa Animal disse ainda que “é qualquer criador de suíno tanto de subsistência como comercial, qualquer suspeita de mortalidade elevada, qualquer sintoma clínico compatível com a peste suína deve ser comunicada imediatamente para a Adapi para que possamos tomar as medidas, investigar qualquer suspeita, fazer a coleta de material e quem sabe confirmar ou descartar um possível foco”.

José Idílio explicou ainda que a “a peste suína clássica é uma doença de notificação obrigatória conforme estabelece a instrução normativa número 50 do Ministério da Agricultura”.

Sintomas

Os produtores de suínos devem observar os sintomas nos animais. De acordo com o gerente, a peste suína clássica tem como sintomas alta mortalidade de suínos, principalmente jovens bem como a paralisia, hemorragia nos focinhos, orelhas e membros, conjuntivite, diarreia e vômito.

Peste Suína Clássica x Peste Suína Africana

Na China e em alguns países da Europa e da Ásia foram detectados focos de peste suína africana. José Isídio, no entanto, descartou a possibilidade de o vírus chegar ao Piauí tendo em vista que “a peste suína africana é erradicada no país como um todo”.

O gerente explicou ainda que o Piauí ainda não está na área livre da peste suína clássica, mas que desde 2016 o governo do estado trabalha para a erradicação. “. Nós pretendemos logo logo colocar o Piauí também na área livre da peste suína clássica assim como a febre aftosa”, disse.

“Estamos intensificando as ações de cadastramento de estabelecimentos com suínos, estamos fazendo ações de educação sanitária, estamos intensificando o controle do trânsito de animais para evitar de um possível foco no Ceará para entrar aqui no Piauí. Nós estamos protegendo o patrimônio pecuário do Piauí”, concluiu o gerente de Defesa Animal da Adapi.

Por: Andressa Martins | GP1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.