Bolsonaro anuncia salário mínimo de R$ 1.100 em 2021

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou na noite desta quarta-feira (30) que vai aumentar o salário mínimo para R$ 1.100,00 (mil e cem reais). A Medida Provisória será assinada ainda hoje.

De acordo com o chefe do poder executivo federal, o aumento é de 5,26% em relação ao valor atual, que é de R$ 1.045,00. O reajuste entra em vigor já no dia 1º de janeiro de 2021.

“Assinarei ainda hoje MP que eleva o salário mínimo para R$ 1.100,00 (mil e cem reais), com vigência a partir de 1º de janeiro de 2021”, declarou Bolsonaro nas redes sociais.

O presidente ressaltou que o salário mínimo é aplicável a todos os trabalhadores dos setores público e privado. “O valor de R$ 1.100,00 se refere ao salário mínimo nacional. O valor é aplicável a todos os trabalhadores, do setor público e privado, e também para as aposentadorias e pensões”, concluiu.

A previsão anterior do governo era a de elevar o valor para R$ 1.088,00, como foi proposto ao Congresso e aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O salário mínimo é corrigido tradicionalmente seguindo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que monitora os preços dos produtos consumidos pelas famílias de baixa renda.