Com chapa única, Batista Filho deve ser reeleito por aclamação no Parnahyba

Com chapa única, Batista deve ser reeleito por aclamação no ParnahybaOs dias de Batista Filho como presidente do Parnahyba estão contados. Mas calma. O gestor máximo do Tubarão não vai deixar o comando do clube, e sim, estender mais ainda seu mandato. Pelo menos é que o que se configura para as eleições que acontecem na manhã do próximo domingo, no litoral. Isso porque apenas uma chapa do Conselho Deliberativo e outra para a presidência foram inscritas até o dia estabelecido, última quinta. Assim, o caminho para Batista ser reeleito por aclamação ficou mais fácil. Caso se confirme, o presidente continuará por mais dois anos a frente do Azulino do litoral, conforme regimento interno do clube.

Diferente de outras eleições, onde os sócios votam diretamente para a chapa presidencial, o processo eleitoral no Parnahyba se dá da seguinte forma: 30 conselheiros são eleitos pelos sócios, dentre eles os próprios candidatos, e em seguida o Conselho vencedor vota na chapa que define o presidente, vice e conselho fiscal.

– Essa é uma maneira que adotamos há muito tempo no clube. De certa forma fica mais organizado e não deixa de dar voz atuante com relação aos nossos sócios. Como não houve outras chapas inscritas, tudo deve acontecer em total normalidade, e o presidente Batista certamente continuará seu mandato por mais dois anos corridos – frisou Hélio Alelaf, advogado do Parnahyba.

Atual Conselho Deliberativo organiza detalhes para eleições no próximo domingo (Foto: Reprodução/Parnahyba SC)
Atual Conselho Deliberativo organiza detalhes para eleições no próximo domingo (Foto: Reprodução/Parnahyba SC)

As eleições estavam inicialmente agendadas para o segundo domingo do mês de dezembro, mas foram antecipadas para que o a diretoria tivesse tempo hábil para organizar o planejamento do clube para a temporada 2016, já que o Campeonato Piauiense se inicia em menos de 90 dias.

– Foi um pedido da diretoria. Todos aceitaram até porque o clube poderia ficar prejudicado com essa decisão mais tardia – garantiu Alelaf.

O processo eletivo terá inicio às 8h, nas dependências do estádio Petrônio Portela. Caso não estejam presentes 50% mais um eleitor até às 9h, a votação acontecerá com número de sócios que lá estiverem.
Por Abdias Bideh e Josiel Martins
Teresina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.