Em 2018, carreiras de Engenheiros do agronegócio e segurança do trabalho serão bem disputadas

Um artigo publicado nessa semana, na revista Exame, traz boas perspectivas para o próximo ano. Engenheiros com foco no agronegócio e profissionais da área de segurança do trabalho serão bem disputados para novas vagas de emprego.

Profissionais chegam a ganhar mais de 13 mil reais no setor de agronegócio, um dos segmentos mais promissores do País, de maneira geral, de acordo com a equipe da Catho.

Salário pode chegar a 20 mil reais para os dois cargos em alta para o próximo ano, segundo artigo da Exame/ (Foto: Reprodução)

A especialização do setor e o ritmo de crescimento do mercado de orgânicos são fatores que explicam a maior demanda pelos engenheiros na cadeia do agronegócio, que abrange os setores de agronomia, agropecuária, aquicultura, agrimensura, ambiental, florestal e de pesca.

Já na indústria, a oportunidade será para os engenheiros de segurança do trabalho, que devem encontrar melhores perspectivas de emprego.

O cargo de gerente de saúde, segurança e meio ambiente deve ser o mais demandado. Para essa posição, salários devem variar entre 15 mil e 20 mil reais.

ENGENHEIRO DO AGRONEGÓCIO

A necessidade de modernização do agronegócio para ajudar a aumentar a produção de alimentos e garantir a preservação de recursos naturais dá destaque para a carreira.

E a expansão do mercado de orgânicos puxa também a demanda por esse profissional.

Atua em toda cadeia produtiva rural, desde gestão e análise de operações para o preparo e cultivo do solo, controle de pragas, estudo de melhores procedimentos de adubação e irrigação até planejamento de alimentação/ reprodução de animais e também manejo dos produtos depois do abate.

Ainda podem desenvolver ações focadas em aproveitamento sustentável do meio ambiente.

A carreira é por meio das formações especialistas em agronegócio, gestão ambiental, zootecnia, agronomia, engenharia de alimentos e até mesmo cursos ligados à cadeia produtiva rural, segundo a equipe da Catho.

GERENTE DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE

Uma preocupação maior com a segurança e com a sustentabilidade dá destaque para o profissional da área.

Ele gerencia todo sistema de saúde, segurança e meio ambiente da companhia, e por vezes também sustentabilidade.

O perfil é a formação em engenharia de segurança do trabalho, capaz de assegurar o cumprimento de regulamentos, implementar e defender políticas ambientais e garantir a segurança de seus colaboradores. Visão estratégica é um requisito.

Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.