Em missa, Mão Santa minimiza efeitos do Covid e bispo Dom Juarez rebate

  1. Depois de chamar o vírus de “boiola” no início da pandemia, o prefeito Mão Santa em seu discurso durante a missa alusiva aos 176 de Parnaíba, realizada na manhã dessa sexta-feira, dia 14 de agosto, na Igreja Mãe da Divina Graça, voltou a minimizar os efeitos causados pelo Novo Coronavírus, o COvid-19.


Em um dos trechos de sua fala, o prefeito diz que Parnaíba ainda não chegou ao nível de educação de quando ele era criança, mas que irá conseguir. Já em outro ponto, ele diz que,

“Esse negócio de vírus, vocês sabem que sou médico, eu nunca me preocupei, a minha mãe, a minha igreja me ensinou a temer a Deus”, enfatizou o prefeito Mão Santa que com essa fala ignora 122 óbitos em Parnaíba e as famílias enlutadas.

Logo após a fala do prefeito, o bispo dom Juarez disse que não poderia concordar que o vírus Coronavírus não é grave. “É grave e nós não podemos levar esse discurso de subestimação desse mal. E também não posso deixar de alertar e exortar o povo de Deus que nos escuta a continuar tendo o cuidado, cuidado conosco e cuidado com os outros e não podemos agir como autoridades no nosso país agem, sem empatia e sem sensibilidade com as pessoas que morrem e com tantas famílias que estão de luto”, defendeu o bispo da Diocese de Parnaíba.

CONFIRA O VÍDEO!


Por Tacyane Machado – Blog Extra Parnaíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.