Parnahyba perde mando de campo na Copa do Brasil

Uma notícia ruim pegou de surpresa a direção do Parnahyba nesta quarta-feira. O clube foi notificado de que não poderá mandar em casa o jogo contra o Coritiba, pela primeira fase da Copa do Brasil, por conta de uma punição pendente de 2016, última vez em que o Tubarão participou da competição. A diretoria ainda busca uma forma de resolver a situação, tentando se livrar da pena ou buscando novas opções para sediar o jogo.

Em 2016 o Parnahyba enfrentou a Portuguesa de Desportos pela primeira fase da Copa do Brasil. O Tubarão chegou a vencer a primeira partida por 2 a 1, mas foi derrotado no jogo de volta por 1 a 0 e deu adeus à competição. No entanto, quando jogou em casa, no estádio Pedro Alelaf, foi notificado em súmula que a torcida arremessou sinalizadores em direção ao campo, além de um drone que sobrevoou o campo de jogo. O caso foi levado ao STJD, onde o clube foi punido em mil reais de multa e perda de um mando de campo. O dinheiro foi pago, mas o mando de campo está sendo cobrado apenas agora, quando o time retornou ao torneio, já que em 2017 não conseguiu se classificar.

– É uma punição de 2016, pensei até que não existia mais. Estou ainda sem saber o que fazer. Fui comunicado agora – disse o presidente do Parnahyba, Batista Filho, no início da noite desta quarta.

O dirigente, no entanto, ainda não jogou a toalha. Batista espera se reunir com alguns advogados para analisar possibilidades jurídicas de manter o jogo no estádio Verdinho, onde estava inicialmente previsto.

– Vou fazer uma consulta com alguns advogados e ver o que pode ser feito – resumiu.

É no Verdinho que o Parnahyba começa a temporada no próximo domingo, quando recebe o Flamengo-PI pela primeira rodada do Campeonato Piauiense. O jogo contra o Coritiba, pela primeira fase da Copa do Brasil, está marcado para o dia 07 de fevereiro. Caso não consiga anular a punição, o Parnahyba precisa jogar a pelo menos 100 Km de distância, o que descarta a utilização do estádio Duduzão, em Luís Correia.

Globo Esporte

Flamengo-PI e Parnahyba empatam por 1 a 1 e estão eliminados

Flamengo-PI empatou com o Parnahyba por 1 a 1, no estádio Albertão e as duas equipes acabaram sendo eliminadas do segundo turno do Campeonato Piauiense. O time do litoral agora aguarda o campeão do returno para a disputa da grande final do Campeonato.

Foto: Divulgação/Ascom | Com o resultado Parnahyba e Flamengo-PI foram eliminados do Campeonato

Em jogo movimentado as duas equipes buscaram a todo tempo o gol, aos 10 minutos em uma bola parada, Capela, de frente para área, cobrou falta com perfeição no ângulo direito de Alex. O Parnahyba reagiu em torno da metade do primeiro tempo e chegou a empatar com gol de Gilmar Bahia, mas árbitro marcou impedimento. No segundo turno, aos 48 minutos, o jogador Dênis do Parnahyba conduziu a bola da defesa, invadiu a área, ganhou do marcador e chutou para o gol, empatando o placar no Estádio Albertão.

No outro jogo da rodada entre Piauí e 4 de Julho a partida também não saiu do empate, o placar foi 0 a 0. Dentro do G-4, Piauí e 4 de Julho precisavam apenas de um empate para se classificar. Sem correr riscos, as equipes jogaram noventa minutos neste sábado, no Lindolfo Monteiro, cientes da situação. Em ritmo amigável, o 0 a 0 colocou os times nas semifinais. O Colorado pega o Altos, e o Piauí faz clássico contra o River-PI. As datas serão divulgadas pela Federação de Futebol do Piauí (FFP).

FELIPE PEDRO | GP1

Sarah Menezes vence israelense e leva ouro no Grand Prix de Havana após um belo ippon

A judoca piauiense Sarah Menezes (categoria até 48kg), conquistou a medalha de ouro no Grand Prix de judô de Havana (CUB), nesta sexta-feira.

Sarah Menezes (Crédito: Divulgação )
Sarah Menezes (Crédito: Divulgação )

A atleta precisou de pouco menos de dois minutos para derrotar a israelense Shira Rishony por ippon na decisão do torneio.

O duelo começou devagar, com ambas recebendo um shido (punição por falta de combatividade) com pouco menos de 40 segundos.Depois disso, Sarah passou a tomar a iniciativa no combate e, com 2m30 para o fim da luta, conseguiu aplicar um bonito ippon na rival, garantindo a primeira medalha do Brasil na competição em Cuba.

Sarah conquistou ouro em Havana (Crédito: Reprodução)
Sarah conquistou ouro em Havana (Crédito: Reprodução)

No caminho à medalha de ouro, a brasileira derrotou a dominicana Isandrina Sanchez e as cubanas Yanisleidi Ponciano e Dayaris Mestre Alvarez, sendo que a última ficou com o bronze no torneio.

O Brasil também levou ouro na categoria até 60kg no masculino, com Eric Takabatake. Ele ganhou a final por W.O. do turco Bekir Ozlu, que sofreu uma lesão em seu duelo pela semifinal do torneio.

Sarah conquistou ouro em Havana (Crédito: Reprodução)
Sarah conquistou ouro em Havana (Crédito: Reprodução)
Sarah conquistou ouro em Havana (Crédito: Reprodução)
Sarah conquistou ouro em Havana (Crédito: Reprodução)
Sarah conquistou ouro em Havana (Crédito: Reprodução)
Sarah conquistou ouro em Havana (Crédito: Reprodução)

Com informações: Extra

Parnahyba anuncia português como novo técnico

O Parnahyba decidiu trazer de volta ao futebol piauiense o técnico Luís Miguel, que comandou o 4 de Julho, de Piripiri, no Campeonato Piauiense de 2014. O português foi anunciado nesta quarta-feira (9) como novo comandante do Tubarão.

Foto: Mais Piripiri
Foto: Mais Piripiri

O interessante é que a imprensa maranhense anunciou, na semana passada, o nome de Luís Miguel como novo treinador do Cordino, de Barra do Corda (MA). O acerto com o técnico teria sido confirmado pelo clube maranhense na última sexta-feira (4). O episódio lembra o anúncio de Zé Teodoro como novo técnico do River, duas semanas depois do mesmo ter sido apresentado pelo Aparecidense (GO).

A escolha foi feita ontem à noite em reunião da diretoria do Parnahyba Sport Club, no Sesc Beira Rio, em Parnaíba. A confirmação com o treinador só foi feita na manhã desta quarta, segundo a assessoria do clube.

Luís Miguel atuou em 2015 no São José (MA) e Tiradentes (CE). Agora terá a missão de comandar o Parnahyba no Campeonato Piauiense e Copa do Brasil 2016.

Fábio Lima | Cidade Verde

Vasco fica no 0 a 0 com o Coritiba e é rebaixado pela 3ª vez no Brasileiro

O Vasco foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro pela terceira vez em oito anos. Além de ter empatado em 0 a 0 com o Coritiba, no Couto Pereira, outro dos três resultados de que precisava para escapar da queda não aconteceu. Em Florianópolis, o Figueirense derrotou o Fluminense por 1 a 0. No Itaquerão, em São Paulo, o Avaí, chegou a abrir o placar contra o Corinthians, mas sofreu o empate e também caiu. Outro rebaixado neste domingo é o Goiás, que perdeu do São Paulo por 1 a 0. O Joinville, último colocado, já estava com lugar reservado na Série B de 2016.vasco

A chuva forte e o campo encharcado dificultaram mais a missão do Vasco contra o Coritiba. Na base da vontade, o time até partiu para o ataque. Nenê reclamou de pênalti em lance confuso no início da etapa complementar. Ele e o jogador do Coritiba caíram embolados na área, e o árbitro Anderson Daronco acertou em não marcar a penalidade. Minutos antes o garoto Mateus Vital, de 17 anos, que entrou no primeiro tempo no lugar de Diguinho, lesionado na coxa, emendou de fora da área num chute perigoso, para fora, em bom momento do Vasco.

– Não tem muito o que falar – disse o camisa 10 Nenê, ao sair de campo, emocionado.

No finzinho da partida Jorge Henrique foi expulso. Ao buscar a bola para bater um lateral no ataque, ele chutou água no gandula e levou o cartão vermelho. No último lance, Nenê cobrou falta na entrada da área e mandou para fora, com a bola passando perto da trave.

– Muito triste, o Vasco não merecia. A gente sai muito magoado, porque o grupo que a gente tem não merecia – lamentou o volante Serginho.

Como tentativas finais de fazer o gol o técnico Jorginho colocou em campo, depois dos 25 minutos do segundo tempo, os atacantes Leandrão e Rafael Silva, nas vagas de Bruno Gallo e Riascos, respectivamente.

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO

A etapa inicial foi equilibrada, com o Vasco tentando buscar mais o ataque. Mas, em oportunidades de gol, ficou tudo igual também. Uma para cada lado. O Vasco quase abriu o placar aos 15 minutos. Nenê chutou em cima do goleiro Wilson após desvio de cabeça de Riascos e falha da zaga. Aos 32, Henrique Almeida perdeu ótima chance para o Coritiba, dentro da área, ao chutar torto, cara a cara com Martin Silva.

O Vasco perdeu o volante Diguinho aos 27 minutos, com lesão na coxa esquerda. Entrou em lugar dele o garoto Mateus Vital, de só 17 anos, que faz sua estreia entre os profissionais.

Retrospecto do Vasco no Couto Pereira contra o Coritiba é bom: 8 vitórias, 6 empates e 5 derrotas.

AMBIENTE TRANQUILO EM CURITIBA

No estádio, um forte esquema de segurança recebeu os vascaínos. A delegação foi escoltada até o Couto Pereira e, na chegada, encontrou no portão de acesso ao estádio um grupo de torcedores do Coritiba. Não houve grandes incidentes, apenas gritos hostis dirigidos aos vascaínos. O policiamento incluía agentes de segurança locais e policiais que vieram do Rio de Janeiro. O Vasco chegou ao estádio cerca de meia hora após a chegada do time da casa. O Coritiba foi recebido por um corredor de torcedores que soltavam fogos e acendiam sinalizadores.

A decisão da diretoria do Coritiba de não fazer promoções de ingressos no jogo decisivo, assim como o frio e o tempo chuvoso, diminuíram a frequência de público. O ingresso mais barato para não sócios foi de R$ 150. Para sócios, é possível entrar no estádio por R$ 49,90. Para a torcida do Vasco, eram quase 4 mil ingressos disponíveis, com excelente procura. Mesmo assim, instantes antes do jogo jogo ainda havia ingressos disponíveis na bilheteria.

A diretoria do Coritiba quis, com o aumento dos ingressos, evitar a repetição das cenas de 2009, no jogo contra o Fluminense, também por uma rodada final de Brasileiro e valendo o rebaixamento. A ideia não significa considerar que pessoas de maior poder aquisitivo são menos violentas. Mas de deliberadamente reduzir a quantidade de gente no estádioO clube chegou a cobrar R$ 80 por 4 ingressos, em promoção feita na pior fase do time no campeonato.

CORITIBA X VASCO

Local: Estádio Couto Pereira (Curitiba)

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)

Horário: 17h

Cartões amarelos: Negueba

CORITIBA: Wilson, Leandro Silva, Walisson, Juninho e Carlinhos; Alan Santos (Rafael Marques), Cáceres (Ícaro), Juan (Thiago Lopes) e Negueba; Kléber e Henrique Almeida.

VASCO: Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho (Mateus Vital), Serginho, Bruno Gallo (Leandrão) e Nenê; Jorge Henrique e Riascos (Rafael Silva).

O Globo

“Se enfrentasse Ronda 10 vezes, venceria todas'”, afirma Holly Holm

Holly Holm nocauteou no último sábado (14), na Austrália, Ronda Rousey, considerado o maior nome do MMA atual. A atual campeã, que não era uma das lutadoras mais conhecidas até então, nos últimos dias vem mostrando mais sua personalidade.

Nesta quarta-feira (25), o The New York Times, publicou uma entrevista de Holly Holm onde a americana ressaltou sua confiança quando falou dasua última vitória. Ela foi questionada se caso enfrentasse Ronda Rousey dez vezes quando ela acharia que venceria.ronda

“Dez. Porque se eu dizer a mim mesma que talvez eu não vença uma, aí eu estarei vulnerável. Eu também sei que não sou invencível, então treinarei duas vezes mais. Ela vai voltar e está louca porque não tem mais o cinturão. Terei que estar duas vezes mais preparada do que da última vez”, afirmou a campeã.

Em outro momento o jornal falou sobre as provacoções feita por Ronda antes da luta, quando a ex-campeã acusou a Holm de ser ‘fake’ e está fazendo o tipo boazinha. Ao responder, a campeã falou que não se importa com que suas adversárias falam antes da luta.

“Não. Para mim, aquilo não fez diferença. Não importa o que aconteça, eu continuo querendo batê-las o mais forte possível, continuo quereno nocautear. Apenas tenho que fazer com que eu mesma não fique envolvida nisso. É uma perda de energia. Lutar é algo muito emocional. Não quero gastar tempo com drama de antemão”, disse Holly Holm.

FONTE:
Msn

Com divergência, Piauiense 2016 repete fórmula. Copa Piauí é extinta

O formato de disputa do Campeonato Piauiense 2016 foi escolhido após um longo arbitral de quase duas horas de duração, na sede da Federação de Futebol do Piauí (FFP), na tarde desta terça-feira. Nada muda em relação à fórmula disputada neste ano. O estadual, que começa no dia 30 de janeiro, será em turno e returno com o campeão de cada fase se enfrentando na grande decisão, prevista para o dia 8 de maio.

Presidentes dos clubes decidem que Piauiense 2016 terá mesmo formato deste ano (Foto: Josiel Martins)
Presidentes dos clubes decidem que Piauiense 2016 terá mesmo formato deste ano (Foto: Josiel Martins)

Os clubes não entraram em consenso no modelo, sendo feita uma votação. River-PI e Flamengo-PI apresentaram o sistema de pontos corridos, em turno único, com a formação do G-4 para semifinais e final. Os demais, porém, elegeram que a competição deveria seguir sem alterações. Por 12 votos a 11, a Taça Cidade de Teresina e a Taça Estado do Piauí continuam com o mesmo peso: após sete rodadas, os quatro primeiros avançam e formam as semifinais. Os vencedores formam a final, e o campeão garante vaga na grande decisão. Na fase mata-mata, os jogos serão de ida e volta.

– Acredito que foi a melhor forma, em números foi a maioria. Não que a maioria seja burra, mas acredito que motiva. É um campeonato mais longo, com mais jogos, e acreditamos que isso possa ter uma motivação maior. Vamos fazer o lançamento do campeonato e ter algumas situações que motivem o estadual, vamos trabalhar para fazer um bom campeonato – comentou Cesarino Oliveira, presidente da FFP.

River-PI, Flamengo-PI, Parnahyba, Caiçara, Piauí, Cori-Sabbá e Picos vão brigar pela taça. O oitavo clube será conhecido nesse sábado, sai da segunda divisão do estadual. Oeiras e Altos disputam o acesso, o mesmo caminho feito pelo Zangão. Os clubes devem apresentar à FFP certidões negativas de débitos que regularizem sua participação na competição até o dia 10 de dezembro. Caso não apresentem a documentação, estarão impedidos de jogarem e serão rebaixados.

Em votação, clubes escolheram sistema de disputa do Piauiense (Foto: Josiel Martins)
Em votação, clubes escolheram sistema de disputa do Piauiense (Foto: Josiel Martins)

– Prorrogamos em tempo hábil para que todos apresentem, deixamos que todos regularizem a parte administrativa. Aquilo que não seguir a lei, será substituído pelo clube da Série B – ponderou Cesarino.

O arbitral trouxe uma mudança importante no calendário. A Copa Piauí, seletiva no segundo semestre que dava ao campeão a segunda vaga do estado na Copa do Brasil, foi extinta. Em 2016, campeão e vice do Piauiense levam vaga na Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Ao vencedor do estadual, a vaga na Série D do Brasileiro será válida também para 2017, segundo mudança proposta pela CBF.

– Não temos no calendário como disputar a Copa Piauí com as Séries C e D, além da Segunda Divisão, sendo realizada. Para quem jogar e ter o prejuízo, assim como foi neste ano, temos que compreender e ver a situação, não deixar ter só despesa. A vaga da Copa do Brasil que era disputada na Copa Piauí vai para o vice-campeão do Piauiense.

Dois times serão rebaixados em 2016, e a Série B do estadual acontecerá no segundo semestre. O regulamento aprovado em assembleia será publicado até quarta-feira.

À revelia de River e Fla-PI, fórmula do estadual 2016 é criticada: “Medíocre”

O arbitral dos clubes para o Campeonato Piauiense 2016 trouxe uma situação que uniu a gregos e troianos. River-PI e Flamengo-PI, arquirrivais nos gramados, defenderam uma mudança no formato de disputa do estadual. A dupla Rivengo propôs o sistema de pontos corridos, com a classificação dos quatro primeiros para semifinal e final, assim uma redução no número de datas do estadual. Tricolores e Rubro-Negros disputam a Copa do Nordeste no mesmo período do torneio local e gostariam de um estadual menor. A proposta, porém, não passou pela votação dos outros times, que optaram – por 12 a 11 – em manter o estadual sem alterações.

Presidentes em reunião para definição do Piauiense: regulamento não foi unanimidade (Foto: Josiel Martins)
Presidentes em reunião para definição do Piauiense: regulamento não foi unanimidade (Foto: Josiel Martins)

Ao fim do arbitral, presidentes de River-PI e Flamengo-PI protestaram. Júlio Arcoverde, gestor do Galo, considerou o formato antigo, sem atrativos para o torcedor e atacou o modelo definido.

– O River-PI não concorda. Queríamos uma forma de turno único, com os quatro melhores fazendo duas partidas de semifinal e, sem seguida, mais duas partidas de final, um sistema até mais fácil de entender. Seria uma forma que se adaptava com a Copa do Nordeste. Infelizmente, perdemos no voto e temos que aceitar. Nesse caso, teremos clubes que vão parar 15 a 20 dias. Você pagar uma folha salarial com um tempo de pausa assim fica difícil. Caímos na mesma fórmula de turno e returno que não está sendo mais usada nos estaduais, queríamos algo pujante. Não nos agradou, infelizmente foi escolhida uma fórmula medíocre. River-PI e Flamengo-PI, clubes de maior torcida do estado, perderam – analisou Júlio.

Tiago Vasconcelos, presidente do Flamengo-PI, até brincou pelo fato de River-PI e Flamengo-PI estarem do mesmo lado, mas admitiu uma mudança do planejamento no clube para atender às demandas das competições. O Piauiense começa no dia 30 de janeiro, a Copa do Nordeste no dia 14 de fevereiro.

1 Copa Piauí
Júlio Arcoverde conversa com presidente da FFP, Cesarino Oliveira, após o fim do arbitral. Presidente do River-PI subiu o tom ao criticar a forma escolhida para o Piauiense 2016 (Foto: Josiel Martins)

– Por participar da Copa do Nordeste no mesmo semestre, o ideal seria trabalhar com datas mais folgadas. Em toda hipótese, o Flamengo-PI vai brigar para disputar a taça, não há outro interesse que não seja esse. Na verdade, o sistema escolhido acaba obrigando o Flamengo-PI a jogar em datas que não estavam planejadas, naturalmente, causa um prejuízo na quantidade de jogos. Dá uma imprensada, mas vamos ter um elenco grande para ter peças de reposição para os dois campeonatos – defendeu o dirigente da Raposa.

Autor da proposta em manter o estadual sem alterações, Batista Filho, presidente do Parnahyba, argumentou que a fórmula de turno e returno é mais democrática a todos os clubes.
– Entendemos que com dois turnos seja algo mais democrático e justo. Um turno direto corre o risco de ter equipes já classificadas logo, defendemos que o modo como ficou seja o melhor para um campeonato com o nível técnico mais alto – considerou Batista.
Votando pelo Piauiense em turnos, o presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Piauí, Vasconcelo Pinheiro, acredita que o modelo escolhido foi o mais sensato.

– O medo de River-PI e Flamengo-PI é, por participarem de três competições, terem que usar um time A e um B porque vai chocar algumas datas da Copa do Nordeste, Piauiense e Copa do Brasil. Não haverá prejuízos. Com os turnos, o campeonato vai ser mais emocionante, igual e ninguém vai ser prejudicado ou beneficiado. Foi uma proposta seguida pela maioria – pontuou.

A Taça Cidade de Teresina e a Taça Estado do Piauí continuam com o mesmo peso: após sete rodadas, os quatro primeiros avançam e formam as semifinais. Os vencedores formam a final, e o campeão garante vaga na grande decisão. Na fase mata-mata, os jogos serão de ida e volta. Nas eliminatórias, em caso do empate, não haverá prorrogação ou pênaltis. O clube de melhor índice técnico avança. O regulamento, com os critérios definidos, deve sair até quarta-feira.

Presidente do Parnahyba (centro) defendeu a manutenção do Piauiense (Foto: Josiel Martins)
Presidente do Parnahyba (centro) defendeu a manutenção do Piauiense (Foto: Josiel Martins)

Em 2016, campeão e vice do Piauiense levam vaga na Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Ao vencedor do estadual, a vaga na Série D do Brasileiro será válida também para 2017,segundo mudança proposta pela CBF. A FFP vai realizar uma festa do lançamento do campeonato e planeja ações de divulgar a marca da competição como forma de aumentar o público nos estádios.

Por Josiel Martins do Globo Esporte Piauí
Teresina

Seletiva para a Corrida de São Silvestre reúne atletas de todas as idades na Avenida São Sebastião

Atletas profissionais e amadores de Parnaíba participaram da seletiva local para a Corrida de São Silvestre, prova realizada na Avenida São Sebastião na manhã de domingo (22). A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, juntamente com a Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi) organizaram a seletiva, com a participação também de profissionais de diferentes áreas esportivas e da Educação Física.SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5375O Prefeito Florentino Neto destacou o incentivo que a Prefeitura de Parnaíba dá ao esporte, a exemplo do Edital Pedro Alelaf de Apoio ao Esporte, e em outras ações de estímulo à prática de esportes na cidade, tanto pelo aspecto do bem estar, como também a atletas que participam de competições de alto rendimento, como a Corrida de São Silvestre.SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5376Responsável pela organização local da Seletiva Piauiense, o secretário municipal de Esportes e Lazer, Heleno Maia falou da realização da prova em Parnaíba, como uma oportunidade de integração de atletas de diferentes níveis em uma só competição, como será a Corrida de São Silvestre em São Paulo (SP).

Os primeiros colocados nas categorias feminino e masculino participarão da Volta da Cajuína, próximo dia 05 de dezembro em Teresina (PI), como etapa da Seletiva Piauiense. A classificação da seletiva de Parnaíba, para a Corrida de São Silvestre foi a seguinte:

1º Lugar Geral Masculino: Jardel Sabino (do Projeto Lutando pelo Futuro)
2º Lugar Geral Masculino: Marco Antônio
3º Lugar Geral Masculino: Antônio Marcos

1º Lugar Geral Feminino: Márcia Silva
2º Lugar Geral Feminino: Letícia AraújoSELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5389 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5387 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5414 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5408 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5405 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5394 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5390 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5417 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5428 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5429 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5438 SELETIVA_SAO_SILVESTRE_PHB_IMG_5439

Ascom da Prefeitura

Namorada espanhola de Daniel Alves vibra pelo Brasil: Hoje é dia”

A namorada do lateral-direito Daniel Alves é espanhola, mas a seleção brasileira já ganhou um lugar especial no coração dela. A modelo Joana Sanz está em Barcelona, onde vive e trabalha, mas fez questão de mandar energias positivas ao jogador, titular do Brasil e que entra em campo contra o Peru, na noite desta terça-feira, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2018.Daniel Alves

A bela compartilhou uma imagem com o camisa 2, em que aparece com o uniforme canarinho. Joana ainda escreveu em português a mensagem que enviou a Daniel Alves e ao time.

“Hoje é o dia. Vai Brasil. Muita força”, escreveu a modelo no Instagram.

Brasil e Peru se enfrentam às 22h de Brasília, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). O duelo é válido pela quarta rodada das Eliminatórias. Se vencer os peruanos, a seleção brasileira chegará aos sete pontos na tabela e terminará 2015 na quarta posição.

Com informações do Extra

Presidente do UFC quer revanche de Anderson Silva e Vitor Belfort

O presidente do UFC, Dana White, está trabalhando para conseguir uma revanche bastante esperada pelos brasileiros. Durante a gravação do programa de Joe Rogan, o comentarista perguntou para o presidente se era possível ver novamente uma luta entre Anderson Silva e Vitor Belfort e a sua resposta animou o público.Vitor Belfort

“Eu não sei mas nós estamos trabalhando nisso, essa é ‘a luta’”, respondeu ele enchendo todos os fãs de esperança. Em seguida, Rogan perguntou para Dana se ele achava que Belfort aceitaria uma nova luta e ele respondeu que sim, mas não informou quando esse embate deverá acontecer.

Vitor Belfort e Anderson Silva se enfrentaram em 2011 em um embate que foi tratado como ‘luta do século’, na época, Anderson finalizou Belfort com um belo chute no rosto que fez com que ele caísse no chão. O fato deu a spider o prêmio de ‘nocaute da noite’ e ‘nocaute do ano’.
Com informações do Sport TV

Ronda Rousey se pronuncia após derrota: “Estou bem, eu vou voltar”

A madrugada do último sábado é um dia daqueles em que Ronda Rousey vai preferir esquecer. A lutadora e ex-campeã dos pesos-galos do UFC foi detonada por Holly Holm durante um combate.1 Ronda Rousey

Após a derrota, Ronda foi duramente massacrada nas redes sociais, rivais declarados da lutadora fizeram questão de demonstrar sua alegria com o resultado da luta. Na noite deste domingo ela resolveu se pronunciar em sua conta no Instagram sobre o ocorrido.

“Eu apenas queria agradecer a todos pelo amor e apoio. Agradeço a preocupação com minha saúde, mas estou bem. Como já disse antes, vou dar um tempinho, mas vou voltar”, escreveu ela.

O presidente do UFC, Dana White negou que ela precisasse de uma cirurgia na mandíbula em um comunicado oficial.2 Ronda Rousey
Com informações do Globo Esporte

Botafogo-SP segura pressão do River e é campeão da série D

Não deu para o Galo. Mesmo jogando com um a menos durante quase todo o segundo tempo, o Botafogo-SP suportou a pressão do River e o grito dos 40 mil torcedores na tarde deste sábado no Albertão, conseguindo segurar o 0 a 0 e sagrando-se campeão brasileiro da série D. Aos riverinos, resta comemorar o acesso, e pensar nos desafios do ano que vem.river 1

River ataca, Bota defende

Flávio optou por entrar com três atacantes – Eduardo, Célio Codó e Fabinho. O jogo começou muito igual, disputado no meio de campo e com as duas equipes se comportando de forma cautelosa. Mas o River não demorou a pressionar. Buscando acuar o Pantera em seu campo defensivo, o River insistia nas jogadas pela esquerda.

Pouco antes da parada técnica para reidratração, o Galo teve uma boa chance em cobrança de falta de Tote, que acabou subindo demais.river 2

Aos 39, uma das chances mais claras do primeiro tempo. Eduardo avançou pela direita, cruzou para a área e Fabinho avançou para finalizar, mas bateu prensado com a zaga. A bola acabou passando muito perto do gol.

Com o Botafogo todo atrás e os riverinos insistindo, o primeiro tempo terminou como começou: com o placar zerado.

Um a menos no Pantera, e mais pressão

As equipes voltaram sem mudanças para a etapa complementar. O River começou a pressionar, e o Botafogo-SP se defendia como podia – e como não podia. O volante César Gaúcho parou Júnior Xuxa com falta dura e acabou levando o segundo amarelo, indo para o vestiário mais cedo.river 5

No grito da torcida, a pressão do River se intensificou. Todo recuado no campo defensivo, o Pantera se virava para evitar o gol do Galo. Girando a bola de um lado para o outro, o Galo tentava, tentava… e o Botafogo se trancava todo.

Flávio Araújo resolveu mexer no time e mandou Esquerdinha para o lugar de Amarildo. Pouco depois dos 30, Eduardo recebeu passe na área e bateu bem, mas Neneca fez a defesa. No lance seguinte, foi a vez de Rafael Araújo perder chance clara – o defensor aproveitou bola alçada na área para escorar de cabeça, mas a bola passou sobre o gol, arrancando mais um “uhhhh” da massa riverina no gigante da Redenção.river 3

Correndo contra o tempo, o River partiu com tudo para cima. Robinho foi para o lugar de Jadson, e Raphael Freitas substituiu Júnior Xuxa. Foram as últimas cartadas do treinador Flávio Araújo, diante dos contornos dramáticos da partida. Apesar da pressão, o 0 a 0 permaneceu, dando o título ao time de Ribeirão Preto. Festa do Pantera, e o grito de campeão ficou entalado na garganta de mais de 40 mil tricolores piauienses.

Por: Dowglas Lima | Jornal Meio Norte

Ronda perde o reinado e é nocauteada com chute na cabeça

Holly Holm escreveu seu nome na história do MMA, neste sábado, no UFC 193, na Austrália. Discreta, a atleta fez seu trabalho durante a semana sem alarde e foi de “zebra” a campeã do peso-galo ao nocautear Ronda Rousey com um chute na cabeça aos 59s do segundo round. A potência do golpe derrubou “Rowdy”, cuja fama de imbatível vinha crescendo à medida que despachava com facilidade suas adversárias. A invencibilidade da judoca foi pulverizada pela multicampeã de boxe, responsável por interromper um reinado que parecia não ter prazo de validade.ronda

Atônita após a vitória, Holm encontrava dificuldades para encontrar palavras que pudessem descrever o tamanho da proeza que acabara de conseguir.

“Eu não sei, estou tentando absorver isso, mas é muita loucura. Eu cheguei aqui e recebi tanto amor e carinho, que não poderia fazer nada além de retribuir”, disse.

Estrela do Ultimate e fenômeno de mídia , Ronda Rousey perdeu pela primeira vez no MMA após domínio no Strikeforce e no UFC, onde debutou faturando o título, em fevereiro de 2013. Atleta premiada no boxe, Holm – que somava duas vitórias sem brilho no Ultimate – segue sem saber o que é derrota nas artes marciais mistas e, agora, acumula dez triunfos.ronda-1
Globo Esporte

Oswaldo Oliveira admite que seu futuro depende de eleição no Flamengo

O técnico do Flamengo, Oswaldo de Oliveira, concedeu uma entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, após treinamento realizado no Ninho do Urubu, para falar sobre o amistoso do próximo domingo, às 15h30 (de Brasília), contra o Orlando City, dos Estados Unidos, no Maracanã, que vai marcar as comemorações pelos 120 anos do clube.flamengo

O ponto mais importante da coletiva foi quando o treinador teve de responder sobre seu futuro. Ele disse que seu futuro depende da eleição presidencial prevista para 7 de dezembro.

“Não sei o meu futuro no Flamengo pois o clube vive um momento eleitoral e as coisas só vão se definir depois do dia sete de dezembro. O que posso dizer é que vou fazer o meu trabalho com tranquilidade até o fim deste ano”, afirmou.
Terra