Ex-presidente da Câmara e Prefeito de Cajueiro conseguem recuperar Seguro Defeso de pescadores do litoral junto ao INSS em Brasília

A solicitação das lideranças de Cajueiro da Praia foram junto ao Senador Ciro Nogueira, Deputada Federal Iracema Portela e Dep Júlio Arcoverde que atuaram junto ao INSS em Brasília e conseguiram inserir novamente os Municípios de Cajueiro da Praia e Luís Correia para receberem o seguro defeso dos pescadores.

Em reunião realizada em Cajueiro da Praia em 23 de novembro o advogado Jairon Carvalho e o Prefeito Municipal de Cajueiro da Praia, Girvaldo Albuquerque solicitaram com prioridade ao Senador da república Ciro Nogueira e aos deputados Iracema Portela e Júlio Arcoverde que atuassem de imediato para solucionar a grave injustiça cometida pelo INSS em Brasília que retirou Cajueiro e Luís Correia do recebimento do benefício.

De imediato o Senador manteve contato com o superintendente do INSS no Piauí, Ney Ferraz Júnior, que apresentou uma solução a ser encaminhada a Brasília.

No encontro ficou acertado que o senador em Conjunto com a deputada Iracema portela atuariam logo de imediato junto ao INSS em Brasília afim de retornar o benefício aos pescadores da região, o que foi cumprido e a norma editada nesta sexta feira.

Com isso, os pescadores de Cajueiro e Luís Correia irão receber seus benefícios. Importante ressaltar a inciativa do Prefeito de Cajueiro da Praia em conjunto com o advogado Jairon Carvalho, atual procurador da Câmara municipal de Cajueiro e da atuação decisiva do senador Ciro Nogueira, Deputada Iracema Portella e do Deputado Júlio Arcoverde que se comprometeram a resolver o problema .

Em contato agora a tarde com o advogado Jairon Carvalho este informou nos que considera uma vitória importante para os pescadores e ressalta o apoio do gestor municipal de Cajueiro do senador e da Deputada Federal na solução do impasse. Ressaltou ainda que acredita que a união de forças foi crucial para solução da demanda, afirma o advogado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.