Jovem que foi assassinado a tiros em Parnaíba respondia por roubo na Justiça

Lucas Chaves de Carvalho, que foi assassinado a tiros na noite desta quarta-feira (23), no bairro Pindorama, estava respondendo a um processo por roubo em Parnaíba, onde ele foi preso no dia 6 de junho do ano passado.

Conforme os autos do processo, Lucas era acusado de assaltar, com uso de uma arma de fogo, uma mulher em Parnaíba, junto com um comparsa, identificado como Francisco Diero de Sousa. Os dois tiveram liberdade provisória concedida no dia 20 de junho.

No dia 30 de julho, Lucas Charles virou réu na Justiça, junto com seu comparsa. A decisão foi da juíza Maria do Perpétuo Socorro Ivani de Vasconcelos, da 1ª Vara Criminal de Parnaíba.

Assassinado a tiros

Lucas foi morto a tiros na noite de quarta-feira por volta de 20h, no bairro Pindorama, em Parnaíba. De acordo com informações repassadas ao sargento Farlon Machado, tudo indica que o crime teve motivação passional. “A suspeita é que o crime tenha sido praticado por causa de uma mulher, que seria a namorada da vítima”, afirmou o sargento.

“O indivíduo Jackson Brendo, que suspeitamos ser o autor dos disparos, é foragido da Justiça e tem mandado de prisão em aberto por causa de um outro homicídio”, relatou Farlon.

Lucas veio a óbito, porém não se tem conhecimento da quantidade de disparos efetuados contra ele. O acusado ainda não foi preso, mas a Polícia Militar realizou as diligências durante a noite de ontem e continuará em busca do suspeito.

Por: Davi Fernandes| GP1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.