Litoral do Piauí terá patrulhamento aéreo para evitar aglomeração durante o Réveillon

O Litoral do Piauí contará com reforço no policiamento com patrulhamento aéreo para evitar aglomeração durante o Réveillon. O coronel Raimundo Rodrigues, comandante de operações especiais da Polícia Militar no Piauí, reforça que não serão permitidos veículos na orla marítima.

“Vamos ter policiamento com as viaturas, blitzen na orla marítima e perímetro urbano para evitar que a combinação de álcool e direção, orientação para que não se utilizem de veículos no espaço dos banhistas. Aliado a isso teremos o patrulhamento aéreo. Ontem mesmo fizemos um sobrevoo já orientando, principalmente os condutores de quadriciclos, que se abstenham de fazer uso do espaço das pessoas que vão tomar seu banho. Portanto, fica a orientação pra que fiquem atentos. A polícia estará não só no terreno, mas de forma bem dinâmica e rápida no patrulhamento aéreo”, explica o coronel.

Mais de 80 policiais militares vão reforçar o policiamento da Companhia Independente de Policiamento de Turismo (Ciptur).

O comandante de operações especiais da PM ressalta ainda que as pessoas respeitem as medidas de prevenção ao novo coronavírus.

“Manter a distância de segurança, máscara e álcool em gel sempre. A PM também vai orientar para que as pessoas não se aglomerem, cumprindo os decretos municipal e estadual”, alerta Rodrigues.

BARREIRAS SANITÁRIAS

Turistas que vão viajar para o litoral do Piauí terão que passar por barreiras sanitárias montadas nas cidades de Luís Correia, Cajueiro da Praia e Barra Grande. Técnicos do Programa Busca Ativa- da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi)- vão orientar e monitorar os turistas que terão a temperatura aferida, mesmo que estejam assintomáticos para a Covid-19.

Foto: Graciane Sousa/ Cidadeverde.com

Cidade Verde