No Piauí, mulheres vão definir eleições e têm demandas diferentes dos homens

As mulheres terão a capacidade de mudar os rumos das eleições deste ano no Piauí e no Brasil. É o que mostra o levantamento feito pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

Pela primeira vez, as mulheres são maioria entre os eleitores de todas as faixas etárias no País. E pesquisas mostram que o sexo feminino tem preocupações diferentes as dos homens. As mulheres apontam como foco na campanha o custo de vida, ou seja a economia, além das questões de saúde envolvendo a pandemia. Outros itens como violência, corrupção e questões sociais foram levantadas pelas mulheres.

Segundo levantamento, o TRE já contabilizou 2 milhões 574 mil e 128 eleitores no Piauí.

Oficialmente, os números totais de eleitores piauienses aptos a votar serão liberados apenas no dia 11 de julho deste ano, data prevista pelo calendário eleitoral para a divulgação, na internet, do quantitativo de eleitores por município brasileiro.

E em todo o país, o TRE contabilizou 152 milhões 303 mil e 709 eleitores.

Por: Flash Yala Sena | Cidade Verde