EDILSON GARCEZ: Procurado por aplicar golpes em Parnaíba é preso em São Paulo

Edilson Garcez da Costa, de 34 anos, foi preso pela polícia de São Paulo após tentar aplicar mais um golpe a uma pousada. Desta vez, ele não conseguiu fugir para longe e foi preso após o empresário localizar um mandado de prisão em aberto e acionar a Companhia de Ações Especiais – CAEP de São José do Rio Preto.

Segundo informações da vítima paulista, o comportamento suspeito do homem foi percebido quando o proprietário da pousada teria cobrado o pagamento da hospedagem. Assim como faz em diversos locais, Edilson Garcez saiu do local sem pagar. A prisão aconteceu por volta de 1h da madrugada desta sexta-feira (24/11) em frente a uma residência na rua Iriritiba, bairro Anchieta, em São José do Rio Preto-SP.

Ele era procurado pela polícia de todo o país desde maio de 2016 quando o primeiro mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Parnaíba e foi cadastrado no banco nacional.

Mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Parnaíba.

Edílson Garcez da Costa é acusado de comprar mercadorias em lojas e não pagar, se hospedar em pousadas e não pagar, e ainda chega a emitir cheques sem fundo. Segundo denúncia veiculada na Rede Meio Norte em agosto de 2015, o prejuízo no comércio parnaibano chega a ultrapassar a quantia de R$ 50 mil (cinquenta mil reais). O caso foi investigado pelo 2º Distrito Policial de Parnaíba e o homem foi indiciado pelo crime de estelionato, previsto no artigo 171 do Código Penal Brasileiro.

REVEJA NA REPORTAGEM ABAIXO, O RELATO DE ALGUMAS VÍTIMAS DO ESTELIONATÁRIO:

Segundo a juíza de direito Dra. Maria do Perpétuo Socorro Ivani de Vasconcelos, Edilson Garcez ficará recluso em São Paulo enquanto aguarda o julgamento do caso. A audiência que condenará o homem pelos crimes cometidos deverá acontecer nos próximos meses.

Edilson Garcez preso em São Paulo. (Crédito: CAEP / Divulgação)

Por Kairo Amaral / Meio Norte

Conselho Tutelar pede a prisão de mãe que bateu no filho que praticou roubo; Caso aconteceu aqui no Maranhão

O Conselho Tutelar da cidade de Campestre, no Maranhão, pediu a prisão da senhora Maria de Lourdes, de 66 anos. Segundo o diretor do conselho, Mario Junior de Melo, o motivo seria uma agressão cometida por dona Lourdes ao seu filho de 13 anos com as iniciais M. A. M. 

Mario afirmou que  o menor, indefeso, foi agredido com golpes de sinta e foi obrigado a ficar de joelhos por 1 hora como forma de castigo. Ao delegado, Dona Lourdes confessou que havia batido no filho, mas explicou com clareza o motivo.

“Ontem cheguei em casa e vi ele com um celular novo. Desconfiei, porque ele não trabalha. Então perguntei onde ele tinha conseguido. Ele disse que achou. Horas depois, um rapaz do mesmo bairro veio atrás do celular, dizendo que ele tinha roubado de dentro de sua casa. Então eu tive que bater nele, pois não é a primeira vez que ele apronta” Afirmou Maria de Lourdes.

Extraído Blog do Romério Carvalho 

Robinho é condenado a 9 anos de prisão por estupro coletivo

O atacante brasileiro Robinho, de 33 anos, foi condenado pela nona seção da corte de Milão a nove anos de prisão pelo estupro coletivo de uma jovem albanesa cometido no dia 22 de janeiro de 2013 em uma boate de Milão. Na época, ele jogava pelo Milan, na terceira de suas quatro temporadas no time.

De acordo com a sentença, o abuso sexual foi cometido junto com outros cinco brasileiros. Esta não foi a primeira acusação de estupro contra o atacante.

Jogador Robinho

A decisão do tribunal afirma que os acusados “abusaram das condições de inferioridade psíquica e física da vítima, que havia tomado substâncias alcoólicas, com o agravante de terem-lhe dado bebida até que ficasse inconsciente e incapaz de resistir”.

De acordo com o jornal italiano La Stampa, o grupo levou a garota ao vestiário do Sio Café em Milão, onde “múltiplas relações sexuais” foram consumadas.

Robinho, que atualmente joga para o Atlético Mineiro, chegou a Milão na temporada 2010/11 proveniente do Santos, onde tinha jogado uma temporada depois de deixar o Manchester City. No clube inglês, jogou entre 2008 e 2010, depois de ter passado pelo Real Madrid, clube em que permaneceu por quatro temporadas, de 2005/06 a 2008/09.

Em janeiro de 2009, recém-chegado ao Manchester City, o atacante brasileiro já tinha sido investigado por uma suposta agressão sexual que teria ocorrido em um clube noturno de Leeds. Foi interrogado pela polícia de West Yorkshire e em seguida ficou em liberdade sob fiança, depois de negar as acusações. Em abril, a Polícia decidiu não dar continuidade ao caso e Robinho não foi a julgamento.

O estupro cometido em Milão foi investigado minuciosamente. A acusação solicitou a prisão do jogador em 2014, mas a medida foi rejeitada pelo juiz. A pena solicitada pelo Ministério Público, representado por Stefano Ammengola, foi de 10 anos de prisão.

Durante o processo, também foi ouvida a vítima, que confirmou as acusações perante os juízes. Outro acusado pelo crime também foi condenado a nove anos de prisão, enquanto o julgamento contra os outros quatro foi suspenso, já que suas identidades e paradeiros são desconhecidos.

Robinho agora tem a possibilidade de apelar em mais duas instâncias e, de acordo com uma fonte afirmou à agência Reuters, a Itália não pedirá a extradição do jogador até que se esgotem os recursos.

Em sua página oficial do Facebook, uma nota de esclarecimento foi divulgada negando a participação de Robinho no episódio. “Todas as providências legais já estão sendo tomadas”, diz a nota. Após contatada, a assessoria de comunicação do Atlético-MG disse que não irá se manifestar por ser uma questão pessoal do atleta.

A advogada do Robinho, Marisa Alija, citou a nota divulgada pelo staff do atleta, na qual ele nega “qualquer participação no episódio mencionado”, e disse que todas as providências legais estão sendo tomadas.

– Sobre o assunto envolvendo o atacante Robinho, em um fato ocorrido há alguns anos, esclareço que meu cliente já se defendeu das acusações, afirmando não ter qualquer participação no episódio. Todas as providências legais já estão sendo tomadas acerca desta decisão em primeira instância – disse a advogada.

El País

Polícia Civil prende suspeito de ter executado agente penitenciário em Parnaíba

A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios/Latrocínio/ de Parnaíba-DHTL, com o apoio do Núcleo de Inteligência da Planície Litorânea e Delegacia de Crimes contra o patrimônio-DEPATRI, desta cidade, realizaram a prisão do nacional Isaías Lima dos Santos, no final da manhã de hoje, dia 23 de novembro de 2017.

Após atender o local de crime, as equipes de investigação da Polícia Civil iniciaram as diligências com o intuito de identificar os envolvidos no crime, culminando na prisão do suspeito em menos de 24 horas após o fato criminoso, após a representação pela prisão temporária realizada pelo Delegado Eduardo Aquino.

Isaías foi encaminhado para a central de flagrantes de Parnaíba para os procedimentos de praxe, onde será ouvido pelo Delegado titular da DHTL. A Polícia Civil continua com as diligências para identificar os demais envolvidos no crime, e pede auxílio da sociedade com informações que possam colaborar para a completa solução do caso, através do link http://bit.ly/denunciapcphb.

Agente penitenciário é executado com 4 tiros na cabeça, no Conjunto Joaz Souza

Um homem identificado como Silvino, foi morto com 04 tiros na cabeça, no início da noite desta quarta-feira (22), em sua loja de rações, localizada na Avenida Luís Carlos Mavignier de Vasconcelos, no Conjunto Joaz Souza, em Parnaíba.

De acordo com testemunhas, dois homens em uma motocicleta de cor branca, pararam em frente à loja de rações e, um deles, sem esconder o rosto, teria descido e entrado na loja perguntando quem seria Silvino. Ao confirmar a identidade da vítima, o mesmo disparou cerca de 04 tiros contra a cabeça do agente prisional.

Silvino

Silvino era lotado na Penitenciária Mista de Parnaíba, como agente prisional. Equipes da polícia militar já iniciaram diligência na busca pelos acusados. Uma equipe da polícia criminalística e do instituto médico legal estiveram no local em busca de pistas que levem a elucidar o crime, que está sendo tratado como “execução”.

Por: Bruno Santana | Tribuna de Parnaíba

Fugitivo sonha sendo preso por policial e tem pesadelo concretizado

Um dos fugitivos da Central de Flagrantes, o Rafael Souza Santos, 22 anos, foi recapturado cedo da manhã desta quinta-feira (16/11), em uma residência à Rua Governador Pedro Freitas, Bairro Frei Higino, em Parnaíba. A prisão foi realizada por uma equipe chefiada pelo delegado Eduardo Ferreira, que recebeu a denúncia do paradeiro.

Rafael Santos estava preso por furto qualificado. Quando da chegada da polícia, estava dormindo e foi abordado pelo policial Robinson Castillo. Rafael disse que estava sonhando sendo preso pelo Robinson e seu pesadelo se concretizou em seguida. O fujão foi levado para a Central de Flagrantes com destino seguido à penitenciária de Parnaíba.

“A Polícia Civil aproveita o ensejo para solicitar à população local a realização de denúncias anônimas de crimes, medida esta que tem surtido efeito e traz benefícios a sociedade. Para denunciar basta clicar no link acima e preencher os campos”, Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Litoral.
bit.ly/denunciapcphb  
Por Daniel Santos com informações da Polícia Civil

Jovem invade casa para furtar e acaba dormindo em sofá no Acre

Um jovem identificado como José Eliton de Alencar, de 18 anos, foi acordado pela Polícia Militar na noite da última quarta-feira (08), ao cair no sono enquanto tentava furtar objetos de uma casa no bairro Formoso, na cidade de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre.

De acordo com informações do G1, ele já tinha separado tudo que levaria, mas resolveu deitar um pouco no sofá que tinha na área externa da casa e acabou caindo em um sono profundo e sendo acordado pelos policiais.

Segundo o delegado Lindomar Ventura, o caso surpreendeu até a polícia. O jovem disse em depoimento ao delegado, que resolveu dormir porque estava muito cansado. “Ele estava sob o uso de entorpecente e resolveu furtar mais objetos para fazer a troca”, conta o delegado.

O delegado disse ainda que ele arrumou os objetos que iriam ser levados, quando resolveu tirar uma soneca. “Ele já tinha separado as coisas e disse que não entraria na casa porque percebeu que tinha gente lá dentro”, diz.

O rapaz foi ouvido e indiciado por tentativa de furto. Logo em seguida, foi liberado e o procedimento foi encaminhado ao Ministério Público do Acre (MP-AC).

Homem é capturado e preso após invadir casa para furtar

Uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo cabo Madson Carvalho, prendeu Francisco Wellington da Costa Rocha, por volta das 17h de terça-feira (14/11), em uma residência na BR-343, no Bairro São Judas Tadeu, acusado de invasão domiciliar e tentativa de furto.

Segundo o cabo Madson, o caseiro conseguiu capturar Francisco Wellington que havia pulado o alto muro daquela residência. Questionado pela polícia sobre a invasão, disse que ia furtar castanhas. Os policiais averiguaram e o acusado dispunha de uma sacola com castanhas. Em seguida, Francisco Wellington da Costa Rocha foi levado para a Central de Flagrantes para autuação.

Por Daniel Santos | Portal Costa Norte

Homem estupra filha de 11 anos e é preso em Luís Correia

A Polícia Civil de Luís Correia, por intermédio do Departamento de Investigação Criminal, em apenas 24 horas após o registro do boletim de ocorrência, localizou e prendeu preventivamente João dos Santos Filho, acusado de ter estuprado a própria filha de apenas 11 anos.

Homem foi preso e deverá ser encaminhado para a Penitenciária de Parnaíba. (Crédito: Polícia Civil)

Segundo o delegado da cidade, Maikon Kaestner, durante o interrogatório ele confessou que manteve um relacionamento com a menor. Após o registro do boletim de ocorrência na última segunda-feira (13/11) foi tomado o depoimento da vítima e da mãe. A criança foi encaminhada para Samvis em Parnaíba, onde terá todo o tratamento médico e psicológico necessário.

“A vítima afirmou que já vinha sendo violentada pelo pai desde agosto e este ameaçava matar a companheira para poder ficar com a menor. A Polícia Civil agradece ao Poder Judiciário, na pessoa do Dr. Willmann Izac Ramos Santos, juiz titular da referida comarca, que atendeu a representação pela prisão preventiva de forma rápida e com a urgência que o caso necessita”, afirmou o delegado Maikon Kaestner.

No momento da prisão João dos Santos Filho estava em casa e com ele foi apreendida uma espingarda de produção artesanal. O homem responderá por estupro de vulnerável, posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e ameaça (Lei Maria da Penha). As diligências que resultaram na prisão são provenientes de investigações advindas das denúncias anônimas realizadas no formulário de denúncias da Delegacia Regional de Parnaíba que pode ser acessado no seguinte link: bit.ly/denunciapcphb.

A Polícia Civil pede que a população continue ajudando com informações que possam auxiliar nas investigações de crimes ocorridos em toda região.

Por Kairo Amaral / Meio Norte

Jovens são baleados em Parnaíba; um não resiste e morre no hospital

Os tiros foram efetuados no início da tarde desta quarta-feira (15/11) contra os jovens Jean Oliveira do Nascimento Filho e Jeferson Rocha Nascimento, ambos de 18 anos, na rua 12 de março no bairro Frei Higino, em Parnaíba no litoral do Piauí. Os dois chegaram a ser socorridos com vida para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), mas um deles não resistiu e morreu.

Jeferson Nascimento foi socorrido consciente e continua internado no HEDA. (Crédito: Kairo Amaral)

Segundo a Polícia Militar, os dois estavam na companhia de amigos conversando quando foram surpreendidos por dois homens em uma bicicleta que teriam efetuado cerca de seis tiros. O jovem que morreu, Jean Filho, já havia perdido um irmão há pouco tempo no mesmo local vítima de homicídio. O crime desta quarta-feira (15) aconteceu bem próximo ao hospital Colônia do Carpina.

“Populares informam que escutaram seis tiros. Os acusados teriam chegado de bicicleta no local, chamado esses dois jovens e efetuado os disparos. Essas são as únicas informações que temos do caso. A população não nos ajuda, acho que com receio de represálias”, disse o comandante de policiamento de plantão, tenente Edvaldo Páscoa.

Médico do SAMU, Hydson Robério. (Crédito: Kairo Amaral)

Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram deslocadas para o local. O jovem Jeferson Nascimento foi baleado nas costas e foi socorrido consciente para o HEDA. Já Jean Filho foi socorrido ainda com vida, mas em estado grave. Minutos depois de dar entrada no hospital ele morreu. Segundo o médico socorrista de plantão, ele perdeu muito sangue.

“O tiro atingiu a região abdominal e ele perdeu muito sangue. Tivemos que entubar ele antes de iniciar o deslocamento para o hospital. Socorremos o Jean Filho ainda com vida, mas na sala de estabilização do HEDA ele morreu. Provavelmente o tiro atingiu a aorta abdominal”, explicou o médico Hydson Robério.

Local do crime. (Crédito: Kairo Amaral)

A Delegacia de Combate a Homicídios de Parnaíba irá abrir inquérito para apurar o homicídio e a tentativa. Populares informaram no local que o crime possa ter sido passional. A Polícia Militar trabalha no intuito de localizar os acusados em menos de 24 horas, para efetuar as prisões em flagrante. O corpo foi removido do HEDA para o Instituto Médico Legal de Parnaíba.

Por Kairo Amaral | Meio Norte