População de Barra Grande se mobiliza para defender propriedade

O clima de tensão voltou a tomar conta de Barra Grande, no litoral piauiense, durante o final de semana. Homens armados derrubaram barracas de praias e casebres de taipas na área que está sendo reivindicada por um casal de Teresina. Uma cerca de arame foi armada em volta das barracas. Os proprietários reclamam que até mesmo a rua que dá acesso à praia foi isolada.

Nos grupos de moradores nativos, um sentimento de revolta começa a mobilizar a comunidade para reagir ao que eles consideram uma invasão aos terrenos de moradia que, segundo argumentam, pertencem à União.

Os ânimos estão acirrados dos dois lados e os moradores de Cajueiro da Praia já pediram a intervenção da Polícia Federal para evitar que haja um confronto armado. Pelas mensagens que circulam nos grupos de WhatsApp locais, algumas pessoas começam a convocar a população para uma reação mais dura.

A polícia precisa agir urgentemente em Cajueiro da Praia para evitar que as ameaças que estão sendo feitas diariamente de ambas as partes não se transformem em tragédia.

Por: Claúdia Brandão | Cidade Verde