Preço da gasolina tem alta pela segunda semana seguida e atinge novo recorde no Brasil

Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nessa terça-feira (26) mostram que o preço da gasolina no país subiu pela segunda semana consecutiva e atingiu um novo recorde.

O litro do produto chegou a R$ 7,270, entre os dias 17 e 23 de abril, o que corresponde a um aumento de 0,70% em relação à semana anterior.

Esse é o maior valor nominal pago pelos motoristas desde 2004, quando a ANP passou a fazer o levantamento semanal de preços.

O pico até então havia sido de R$ 7,267 entre os dias 13 e 19 de março, período em que a Petrobras anunciou o reajuste de preços da gasolina e diesel.

Nesta nova rodada, que ocorreu em mais de 5 mil postos de combustível, a ANP encontrou o litro de gasolina a R$ 8,599. O recorde anterior era de R$ 8,499.

Etanol e diesel
Além da gasolina, a ANP observou uma alta de 4,8% no preço médio do litro do etanol entre 17 e 23 de abril.

No mesmo intervalo, o valor do diesel subiu de R$ 6,587 a R$ 6,600, o que corresponde a um acréscimo de 0,3%.

Ao tomar posse no último dia 14 de abril na presidência da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho sinalizou a intenção de manter o “modelo de gestão” adotado em 2017, mas não falou diretamente sobre a política de preços da empresa.