Prefeitura de Cajueiro da Praia é fechada após aumento de casos de Covid-19 entre os servidores

A Prefeitura de Cajueiro da Praia, no Litoral do Piauí, foi fechada nesta quinta-feira (6) após aumento de casos de coronavírus entre os servidores. Entre os infectados estão o prefeito Felipe Ribeiro e a primeira dama, Clara Ribeiro.

Segundo o prefeito Felipe Ribeiro, que está em isolamento social, Cajueiro da Praia vive um dos seus piores períodos desde o início da pandemia de Covid-19 e reclamou da falta de recursos para investir em atendimento contra a doença. No município está localizada uma das praias mais visitadas do estado, Barra Grande, que continua recebendo turistas.

“Vivemos em um santuário ecológico, um lugar que, atualmente, é visto como o maior potencial turístico do estado do Piauí. Porém, necessitamos de apoio para que a população tenha um bom atendimento em várias áreas de serviços básicos, em especial, a saúde. Recebemos a prefeitura sem nada para investir em atendimento contra a Covid-19. E continuamos sem apoio financeiro, sofrendo desde janeiro os efeitos da segunda onda da doença e com vacinação lenta, pelo não envio de vacinas suficientes”, declarou Felipe Ribeiro.

Segundo a prefeitura, o único posto de saúde da cidade está sobrecarregado de pessoas com síndrome gripais. Desde o final de abril e começo de maio são registrados 20 a 30 atendimentos diários de pacientes na unidade.

A coordenadora do Samu de Cajueiro da Praia, enfermeira Susane Souza, usou as redes sociais para fazer um apelo para que as pessoas sigam as medidas de restrições, se protejam e evitem aglomerações.

“Estou fazendo um apelo, porque estamos preocupados, assustados com o aumento no número de casos de Covid-19. Não temos hospital, dependemos de outros municípios e nosso posto de saúde não conta com muitos leitos”, ressaltou.

O município tem registrado 1.989 casos confirmados e 22 mortes pelo novo coronavírus, de acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde.

Barreiras sanitárias

Em março, a Prefeitura de Cajueiro da Praia montou barreiras sanitárias e proibiu a entrada de turistas na cidade. Após críticas de empresários, as medidas foram reduzidas e o município passou a adotar apenas as medidas do decreto estadual.

“Depois disso, passamos a usar as redes sociais pedindo as pessoas que tenham consciência, mas é um trabalho muito difícil. Agora, estamos registrando um aumento considerável de novos casos”, contou a secretária municipal de Saúde, Joara Cunha.

Para o prefeito, o aumento no número de casos de covid-19 preocupa. O município continua recebendo visitantes e não existem medidas mais rigorosas, pelo fato do município não ter estrutura para bancar barreiras sanitárias, testagem em massa e fiscalização diária.

“Atualmente, somente dois policiais ficam responsáveis pelo turno de policiamentos no município. A cidade segue o decreto estadual, que flexibilizou várias atividades esta semana”, destacou.

G1/PI