Promotor de Justiça revela dados alarmantes sobre a criminalidade em Parnaíba

Em entrevista concedida a uma emissora de TV de Teresina nesta sexta-feira (26), o promotor da 8ª Promotoria de Justiça, Rômulo Cordão, deu um dado importante e alarmante sobre a violência na cidade de Parnaíba. Segundo ele, somente em 2021 foram registrados 56 homicídios na segunda maior cidade do estado do Piauí. Cordão ainda afirmou que se esse número for somado aos de casos de latrocínio e tentativas de homicídio, ele pode chegar a 86.

“As características são as mesmas, pessoas que já responderam por crimes, que são mortas em uma clara ação de execução, onde outras pessoas dão fuga aos criminosos e isso tem acontecido de forma reiterada. Esse ano já batemos 56 homicídios, mas juntando com latrocínio e homicídios tentados, já são 86, então é preocupante”, disse Rômulo Cordão.

Os dados que chegam a ser assustadores mostram que mesmo com a instalação do gabinete de gestão integrada na cidade, composto pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Penal, Polícia Civil, Guarda Municipal e Serviço de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública, os criminosos que tem atuado no litoral piauiense não tem sido intimidados e continuam a realizar as ações criminosas.

Rômulo Cordão afirmou que a cidade precisa de ações mais permanentes, como o aumento do efetivo policial para que haja uma redução no índice de criminalidade. “Não adianta medidas paliativas, não adianta ação temporária e isso passa por mais pessoas para investigar. A quantidade de crimes só cresce, são crimes complexos, com envolvimento de várias pessoas, o que requer uma investigação mais aprofundada”, afirmou.

Portal Costa Norte