Réu é condenado a 8 anos por tentar matar a própria prima em Parnaíba

O réu Luiz Carlos Santos Queiroz foi condenado durante sessão plenária de julgamento do Tribunal do Júri, realizada nessa quinta-feira(30), a uma pena de 8 anos e 10 meses, em regime inicial fechado, por tentativa de homicídio em Parnaíba. A tese sustentada pela acusação foi integralmente acolhida pelo Conselho de Sentença.

Consta na denúncia ministerial que, no dia 1º de dezembro de 2013, por volta das 6 horas, o denunciado Luiz Carlos Santos Queiroz tentou matar a vítima, sua prima, Edileuza Lima de Oliveira, não logrando êxito por razões alheias a sua vontade. Ao avistar a vítima, o acusado correu em sua direção e portando uma faca do tipo punhal passou a ameaçá-la dizendo que a mataria e proferindo palavras de baixo calão.

No entanto, a vítima se escondeu no interior de sua residência, ficando lá abrigada até o momento em que o acusado foi embora, tendo este, momentos antes dito ainda que atiraria no rosto da vítima.

O Ministério Público do Estado do Piauí(MPPI) foi representado pelo Promotor de Justiça Rômulo Paulo Cordão, em respondência pela 5ª Promotoria de Justiça de Parnaíba.