Secretário Fábio Abreu rebate ameaças de comparsas de Alex Gêmeo

Na manhã desta segunda-feira (26/02), o programa Bom Dia Meio Norte recebeu em seus estúdios o secretário de segurança pública do Piauí, Fábio Abreu que falou sobre a polêmica prisão e morte do bandido mais perigoso do litoral do Piauí, Alex Gêmeo. De acordo com informações, depois de ser baleado durante operação da polícia, Alex Gêmeo ameaçou o secretário de segurança e o delegado da região Eduardo Aquino.

Um áudio circula nas redes sociais de um suposto amigo do criminoso, antes que ele viesse a óbito na noite deste domingo. “Segundo informações que eu acabei de obter é que o colega Alex está se recuperando maravilhosamente bem e segundo ele Fábio Abreu vai ter que se cuidar porque ele comentou lá que quando sair vai dar cabo dele, o comandante tem que se proteger mais ainda”, diz o áudio.

O secretário afirmou que Alex Gêmeo estava envolvido em diversos crimes na região. “ Infelizmente ele não resistiu a própria reação da parte dele e veio a óbito no dia de ontem, ele não chegou a disparar contra os policiais mas estavam armados e impedimos justamente a reação dele. Todas as comparações serão feitas através da perícia, mas toda a equipe está de parabéns, principalmente o delegado Eduardo Aquino que o acompanha desde o início, é importante ressaltar que esse trabalho todo teve uma participação fundamental da inteligência, acompanhamos o contato direto com Parnaíba. O Alex participou de um duplo homicídio em Luis Correia e o último foi de um mototaxista em Parnaíba, ele deixava uma espécie de marca dele na execução que era um disparo no corpo da pessoa e o último era no rosto a maioria dos casos que ele era acusado justamente foram mortos dessa forma, por isso não temos dúvida que ele tem participação nos crimes”, disse.

Sobre a ameaça que recebeu, o secretário destacou que a polícia vai lutar para impedir que Alex seja substituído. “Ele tinha muitos desafetos, a maioria dos que compunham a lista dele eram desafetos, por isso que nós temos a obrigação de impedir que qualquer indivíduo se destaque nesse mundo porque ele passa a extrapolar e querer se achar na condição de ameaçar autoridades, policiais e isso não permitimos. Inclusive tinham policiais nessa lista e ele também tinha acusações com relação a morte do agente prisional que aconteceu em Parnaíba, então é mais um motivo que nós intensificamos bastante as nossas ações em cima dele, o único pedido feito pela população era que fizesse a prisão dele, a gente viu como a população estava desesperada. Nós não podemos permitir que alguém venha substituir o Alex e tenha esse mesmo comportamento, tolerância zero para isso”, declarou.

Meio Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.