Comitê Olímpico aumenta suspensão de Wallace para 5 anos

A suspensão sofrida pelo atleta de vôlei brasileiro Wallace de Souza cresceu de 90 dias para cinco anos. A decisão foi tomada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Durante esse período de cinco anos, o atleta ficará de fora das competições oficiais.

O contratado pelo Sada Cruzeiro chegou a disputar a final da Super Liga, neste último fim de semana, mas com a suspensão, não disputará mais competições até seus 40 anos de idade. Atualmente, Wallace tem 35 anos.

A Confederação Brasileira de voleibol (CBV) também foi punida por seis meses pela COB. Nesse intervalo de tempo, a CBV não ganhará repasse financeiro do comitê olímpico, tampouco auxílio material. O presidente do CBV, Radamés Lattari, também sofreu punições, ficando por um ano desligado de todas as atividades relacionadas à entidade durante um ano.

Em contrapartida, o COB ainda não puniu o clube. Em trecho da decisão que puniu Wallace, o comitê comentou sobre o descumprimento da CBV. “Ao ser relacionado para o jogo do dia 30 de abril de 2023, o atleta Wallace Leandro de Souza, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e a Associação Social e Esportiva Sada (“Sada Cruzeiro Vôlei”) apenas e tão somente descumpriram decisão do COB, exarada pelo seu Conselho de Ética, e, por esta razão, estão sujeitos às sanções devidas”, diz o trecho. Continue lendo “Comitê Olímpico aumenta suspensão de Wallace para 5 anos”