Botafogo-SP segura pressão do River e é campeão da série D

Não deu para o Galo. Mesmo jogando com um a menos durante quase todo o segundo tempo, o Botafogo-SP suportou a pressão do River e o grito dos 40 mil torcedores na tarde deste sábado no Albertão, conseguindo segurar o 0 a 0 e sagrando-se campeão brasileiro da série D. Aos riverinos, resta comemorar o acesso, e pensar nos desafios do ano que vem.river 1

River ataca, Bota defende

Flávio optou por entrar com três atacantes – Eduardo, Célio Codó e Fabinho. O jogo começou muito igual, disputado no meio de campo e com as duas equipes se comportando de forma cautelosa. Mas o River não demorou a pressionar. Buscando acuar o Pantera em seu campo defensivo, o River insistia nas jogadas pela esquerda.

Pouco antes da parada técnica para reidratração, o Galo teve uma boa chance em cobrança de falta de Tote, que acabou subindo demais.river 2

Aos 39, uma das chances mais claras do primeiro tempo. Eduardo avançou pela direita, cruzou para a área e Fabinho avançou para finalizar, mas bateu prensado com a zaga. A bola acabou passando muito perto do gol.

Com o Botafogo todo atrás e os riverinos insistindo, o primeiro tempo terminou como começou: com o placar zerado.

Um a menos no Pantera, e mais pressão

As equipes voltaram sem mudanças para a etapa complementar. O River começou a pressionar, e o Botafogo-SP se defendia como podia – e como não podia. O volante César Gaúcho parou Júnior Xuxa com falta dura e acabou levando o segundo amarelo, indo para o vestiário mais cedo.river 5

No grito da torcida, a pressão do River se intensificou. Todo recuado no campo defensivo, o Pantera se virava para evitar o gol do Galo. Girando a bola de um lado para o outro, o Galo tentava, tentava… e o Botafogo se trancava todo.

Flávio Araújo resolveu mexer no time e mandou Esquerdinha para o lugar de Amarildo. Pouco depois dos 30, Eduardo recebeu passe na área e bateu bem, mas Neneca fez a defesa. No lance seguinte, foi a vez de Rafael Araújo perder chance clara – o defensor aproveitou bola alçada na área para escorar de cabeça, mas a bola passou sobre o gol, arrancando mais um “uhhhh” da massa riverina no gigante da Redenção.river 3

Correndo contra o tempo, o River partiu com tudo para cima. Robinho foi para o lugar de Jadson, e Raphael Freitas substituiu Júnior Xuxa. Foram as últimas cartadas do treinador Flávio Araújo, diante dos contornos dramáticos da partida. Apesar da pressão, o 0 a 0 permaneceu, dando o título ao time de Ribeirão Preto. Festa do Pantera, e o grito de campeão ficou entalado na garganta de mais de 40 mil tricolores piauienses.

Por: Dowglas Lima | Jornal Meio Norte

Diretoria do São Paulo quer o retorno do zagueiro Lugano

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, já disse que tem analisado a contratação do zagueiro Diego Lugano. O diretor da pasta, Vinicius Pinotti, afirmou nesta segunda-feira em sua página no Twitter que é totalmente favorável ao retorno do ídolo.Diretoria do São Paulo quer o retorno do zagueiro Lugano

“A todos que sugerem o Lugano gostaria de deixar claro que sou muito a favor da volta do Lugano. Em todos os sentidos, nao só para propaganda”, escreveu Pinotti. Lugano atualmente está no Cerro Porteño (PAR).

Terra

Nadal volta ao top 5 do mundo após seis meses; Bellucci ganha posições

Após uma semana marcada pela disputa do Masters 1000 de Paris, onde Novak Djokovic conquistou o tetracampeonato, a Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) divulgou nesta segunda-feira a atualização do ranking mundial. O destaque fica para Rafael Nadal, que depois de seis meses retorna ao top 5 da lista.

Em Paris, o espanhol parou nas quartas de final diante do suíço Stanislas Wawrinka, mas o resultado foi o suficiente para tomar o quinto lugar do tcheco Tomas Berdych, que agora é sexto. A última vez que o nove vezes campeão de Roland Garros havia se colocado entre os cinco melhores foi no dia 4 de maio.

Depois de seis meses o tenista retorna ao top 5 da lista.
Depois de seis meses o tenista retorna ao top 5 da lista.

Outra mudança importante no topo do ranking foi o retorno do britânico Andy Murray à vice-liderança. O vice-campeão de Paris voltou a superar Roger Federer, eliminado logo na segunda rodada do torneio francês ao perder para o gigante norte-americano John Isner. David Ferrer e Kei Nishikori completam a lista dos oito melhores do mundo, que disputarão a partir do próximo domingo o ATP Finals de Londres.

Bellucci termina o ano em 37º
Número 1 do Brasil, Thomaz Bellucci ganhou três posições no ranking mundial após alcançar a segunda rodada em Paris, onde foi eliminado pelo o que seria campeão, Novak Djokovic, e terminará a temporada no 37º lugar. Na estreia do Masters francês, o paulista derrotou o russo Teymuraz Gabashvili por 2 sets a 0.

Dessa forma, Bellucci não atinge o objetivo que traçou durante o ano: terminar 2015 no top 30 do ranking mundial. No entanto, o brasileiro voltou a ser campeão depois de três anos de seca ao erguer o troféu do ATP 250 de Genebra, na Suíça.

Rogério Dutra Silva (122º), João “Feijão” Souza (139º), André Ghem (149º) e Guilherme Clezar (169º) são os outros brasileiros entre os 200 melhores do ranking de simples.

A boa notícia é que Marcelo Melo, campeão dos Masters de Paris com o parceiro croata Ivan Dodig, terminará a temporada na ponta do ranking de duplas. O mineiro chegou aos 8.590 pontos, 2.170 a mais que os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan.

Gazeta Esportiva

Cores do River iluminarão a Ponte Estaiada no próximo final de semana

A Ponte João Isidoro França (Ponte Estaiada) recebe a iluminação artística na cor azul durante todo este mês de novembro, como  forma de lembrar as atividades especiais pela prevenção do câncer de próstata e os cuidados contra o diabetes. Mas, no próximo final de semana, de sexta (13) a domingo (15), será aberta uma exceção para que a iluminação da ponte receba as cores do River: time piauiense de futebol que chegou à final do Campeonato Brasileiro pela Série D.river

O River Futebol Clube disputará no próximo sábado (14) contra o Botafogo, de Ribeirão Preto-SP, o título de campeão. A partida acontecerá no Estádio Albertão, às 18h30. Os ingressos estão à venda nas Drogarias Globo e não serão vendidos nas bilheterias do estádio.

“A Prefeitura de Teresina está unida a todos os torcedores do River e torcendo firme pela vitória do nosso time. Colocar as cores do River na Ponte Estaiada, nosso belo monumento turístico, foi uma forma simbólica que nos foi solicitada para entrarmos nessa mesma energia positiva cuja torcida riverina está vivenciando e contagiando a todos”, disse Davimar Holanda, coordenador de Iluminação Pública.

Iluminação azul na Ponte Estaiada chama atenção para o combate ao diabetes

Este mês, intitulado de Novembro Azul, é dedicado ao alerta à população sobre o combate e prevenção do diabetes. O próximo dia 14 de novembro é o Dia Mundial de Combate ao Diabetes, e a Prefeitura de Teresina, por meio da Coordenação de Iluminação Pública, atendendo uma solicitação da Associação dos Diabéticos do Piauí (ADIP), disponibilizou a iluminação azul para a Ponte Estaiada para lembrar sobre a importância do controle e tratamento da doença.

“O diabetes já atinge mais de 400 milhões de pessoas no mundo, causando mais de 5 milhões de mortes anuais, em parte porque aproximadamente metade das pessoas não sabe que tem diabetes. No Piauí são mais de 200 mil diabéticos e só em Teresina são mais de 15 mil pacientes diabéticos atendidos por meio do Programa Saúde da Família. Portanto, é necessário chamarmos atenção das pessoas para que a prevenção, a educação e o tratamento sejam eficientes, e a iluminação azul nesse importante ponto turístico da capital tem esse simbolismo”, explica Jeane Melo, presidente da ADIP.

Ascom PMT