Mão Santa e Marco Samarone são investigados por compra de votos

O promotor de Justiça Antenor Filgueiras  instaurou Procedimento Preparatório Eleitoral para investigar o ex-governador e candidato eleito Mão Santa (SD)  e vice-prefeito eleito Marco Samarone(SD) por compra de votos.
mao-santa-e-samarone
De acordo com a portaria número 001-10/2016, de 07 de outubro, o promotor vê a necessidade de apurar a suposta compra de voto nas eleições deste ano. O Promotor foi procurado pelo Portal AZ e disse que o processo corre em segredo de Justiça. “O processo existe, mas não poderei dar detalhes, pois o mesmo corre em sigilo de Justiça”, afirma o promotor.
No documento, o promotor de Justiça oficializou às emissoras Rádio Liderança 95.1 FM, Igaraçu AM 550.00, Rádio Cidade FM 87,9 TV Costa Norte, TV Delta, requisitando, no prazo improrrogável de 02 (dois) dias, 01 (uma) cópia em 01 (um) CD/DVD de todo e qualquer fato noticiado, e participação de políticos, nos últimos 07(sete) dias que antecederam a eleição municipal realizada na data de 02 de outubro de 2016, para eventuais providências à luz do artigo 41-A, da Lei Nº 9.096/95.
Demais ofícios serão elaborados e encaminhados aos órgãos competentes no decorrer da investigação.
Dias antes das eleições, o vice de Mão Santa, Marco Samaronne (SD) por pouco não foi preso por uma equipe da Polícia Militar. O empresário e candidato eleito pela coligação “A Cidade é o Povo”, do candidato Mão Santa (SD),  escapou de ser preso por não se encontrar no posto de combustível de sua propriedade, onde o Ministério Público flagrou a distribuição de combustível em troca de votos.
posto-de-combustivel
O posto fica localizado na Rua Ceará, em Parnaíba. Filha, genro e sobrinho de Mão Santa estiveram no local no momento da interdição. A operação foi conduzida pelo promotor Antenor Filgueira, que havia recebido a denúncia de que o posto, propriedade do candidato eleito na chapa “A Cidade é do Povo”, encabeçada pelo ex-senador Mão Santa (SD), o empresário Samaronne, estaria recebendo bilhetes para distribuição de gasolina aos eleitores.
Mão Santa venceu as eleições com 45,53% dos votos válidos contra 44,09% do atual prefeito Florentino Neto (PT).
Pportal Az