Conselho retira pedido de interdição da Penitenciária de Parnaíba

O Conselho Penitenciário do Ministério Público Federal revogou o pedido que havia feito em fevereiro desse ano para interditar a Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, na cidade de Parnaíba. A vistoria realizada na época constatou precariedade na estrutura com problemas em vários setores da unidade prisional.

Em nova inspeção, representantes do Conselho avaliaram que as condições na penitenciária melhoraram. Para o relator do Conselho Penitenciário, José Rômulo Plácido, as melhorias realizadas no local são suficientes para o bom funcionamento e a segurança de detentos agentes. 

“Quando a gente fez a inspeção em fevereiro, constatamos condições de calamidade. No entanto, a Secretaria de Justiça está fazendo reformas na unidade e aconteceram melhorias nas celas, nas instalações hidráulicas, e as condições melhoraram, equiparando-se aos outros presídios do sistema prisional”, disse

Os serviços que são realizados pelos próprios detentos já reformaram duas alas da penitenciária. O secretário de Justiça do Piauí, Carlos Edilson, concorda que as melhorias ainda não alcançaram o ideal, mas garante que os avanços já melhoram a rotina da unidade. 

“Estamos evoluindo. É claro que ainda não é o ideal, mas estamos buscando mudar a situação de Parnaíba. Atualmente, cerca de 50 presos trabalham, diariamente, na reforma das estruturas da unidade. A unidade, hoje, também está com novos protocolos, que vão desde o acesso à unidade aos procedimentos nos corredores”, pontuou o gestor.

Detento encontrado morto

Na madrugada da última quinta-feira (5), um detento identificado como Antonio Alberto Araujo de Melo foi encontrado morto na Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina . Ele era suspeito de agredir um idoso de 60 com golpes de uma barra de ferro na cabeça. A Secretaria de Justiça informou que vai instaurar um processo administrativo para investigar o caso. 

Por: Otávio Neto | Portal ODia

Em três dias, preso tenta fugir pela 2ª vez da penitenciária de Parnaíba

Uma tentativa de fuga na Penitenciaria Mista Juiz Fontes Ibiapina foi registrada no início da manhã deste sábado (05) em Parnaíba, litoral do Piauí. Um dos presos capturados pelos agentes já havia tentado fugir na última quarta-feira (02) disfarçado de visitante.

Em três dias, preso tenta fugir pela 2ª vez da penitenciária de Parnaíba_01

Hoje, por volta das 6h30, Clayton Soares da Silva e Maicon Ferreira da Silva (foto ao lado), que é mais conhecido como Coiote, tentaram fugir da penitenciária serrando as grades da cela em que estavam detidos, na Ala 9.

Os agentes que estavam de plantão perceberam a movimentação e, ao fazer a vistoria, conseguiram interceptar a tentativa de fuga dos dois presos. Um deles, Clayton Soares da Silva, tentou fugir da penitenciária há três dias.Em três dias, preso tenta fugir pela 2ª vez da penitenciária de Parnaíba_02

Para enganar os agentes penitenciários, o detento se vestiu de mulher e se infiltrou no meio dos visitantes que estavam deixando a unidade penal no final da tarde. Clayton Soares já foi preso cinco vezes e já passou por outros presídios do Estado.

A penitenciária mista de Parnaíba também sofre com o problema da superlotação. Com vagas para 137 presos, o presídio abriga, atualmente, cerca de 500 homens.

Fotos: Divulgação/Sinpoljuspi
Edição: Nayara Felizardo
Por: Ithyara Borges | Portal Odia

Mulher é presa ao tentar entrar na Penitenciária Mista de Parnaíba com celular escondido no sutiã

No domingo (03/16), uma mulher identificada apenas como Simone Regina Sousa foi presa após ser flagrada tentando entrar na Penitenciária Mista de Parnaíba Juiz Fontes Ibiapina com um aparelho celular escondido dentro do sutiã.

Simone Regina Sousa
Simone Regina Sousa

De acordo com informações, o flagrante aconteceu durante o horário de visitas. Ao passar pela vistoria dos agentes penitenciários e perceber que poderia ser presa com o celular no sutiã, Simone Regina Sousa resolveu simular um desmaio. No entanto, o aparelho foi encontrado, apreendido e Simone acabou presa.

Segundo Kleiton Holanda, diretor administrativo do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), o celular seria levado para um presidiário identificado como Adrianísio Araújo de Sousa, que deverá prestas esclarecimentos. A acusada foi levada para Delegacia de Polícia Civil.

Portal Meio Norte