Vacina da Pfizer deve pedir autorização do FDA já na próxima semana

Em meio à disputa politizada que envolve a vacina coronavc, desenvolvida na China, surge uma boa notícia com relação a outra vacina – a da Pfizer e BioNtech. A previsão da empresa norte-americana é de que já na próxima semana seja alcançado o marco de segurança necessário para a submissão da autorização de uso emergencial junto ao FDA ( Food and Drug Administration), agência de saúde dos Estados Unidos, equivalente à Anvisa brasileira.

A vacina da Pfizer iniciou o ensaio clínico da fase 3 – o último antes da aprovação – no dia 27 de julho. e apresenta, até o momento, eficácia acima de 90%. Já vacinou 43.538 participantes. Sendo que 38.955 já receberam a segunda dose. Os estudos realizados até agora indicam que a imunização deve ocorrer 28 dias após a vacinação.

Em documento, o escritório da Pfizer no Brasil diz que já ofereceu a vacina ao governo brasileiro e que aguarda um retorno do Ministério da Saúde para que seja assegurada a compra do imunizante que pode salvar a vida de milhares de pessoas.

A população brasileira espera que a urgência imposta por essa gravíssima crise de saúde pública mundial seja maior que a burocracia governamental e que a boa ciência supere qualquer possível divergência interna, quando a prioridade é salvar vidas.