Vereador do PTC contraria Evaldo Gomes e afirma que vai permanecer ao lado de Wellington

O vereador do PTC Ítalo Barros afirmou, em entrevista à imprensa nesta quarta-feira (01), que vai continuar ao lado do governador Wellington Dias, mesmo depois do presidente do partido Evaldo Gomes anunciar a saída da sigla da base do Governo.

Foto: Lucas Dias | Vereador Italo Barros

Ítalo Barros disse que respeita a decisão de Evaldo, mas garantiu que vai seguir seus princípios e vai permanecer ao lado do governador Wellington Dias. “Eu não acho que foi uma decisão precipitada. Um dos maiores pensadores políticos da atualidade, é o deputado Evaldo. Ele sabe o que está fazendo. É um político de bastante confiabilidade, é um político que já mostrou o seu caráter. O deputado Evaldo sabe o que está fazendo. Mas enfim, eu tenho os meus princípios e eu vou lutar para permanecer com os meus princípios que foi isso que eu sempre fiz desde o dia que eu tive oportunidade de entrar na política, de levar o lado pessoal, o lado humano acima de qualquer coisa. Então a minha decisão é de permanecer ao lado do governador Wellington, mas tenho certeza que o deputado Evaldo tomou a melhor decisão para o partido”, declarou.

O vereador de Teresina disse ainda que não foi comunicado oficialmente sobre a decisão do partido. “Eu não fui informado sobre essa decisão partidária. Mas a minha opinião, eu permaneço sim, independentemente da decisão partidária”, reforçou.

Ítalo Barros contou que sempre esteve ao lado de Wellington Dias e que não foi sequer consultado sobre o rompimento com o Governo . “Olha, a primeira vez que eu votei na minha vida como cidadão foi no governador Wellington Dias. Eu tenho uma admiração por ele, eu tenho uma proximidade muito grande com ele. Não fui consultado em relação a essa decisão partidária e isso me faz ficar mais próximo ainda do governador Wellington Dias, pois eu sou um defensor dele. Não me perguntaram qual a minha opinião, então a minha opinião é que eu voto no governador até que a direção veja uma nova reunião na qual a gente converse por que eu tomei essa decisão”, finalizou.

Dr. Pessoa

O PTC deve fechar aliança com pré-candidato a governador Dr. Pessoa nos próximos dias. A ideia é que os petecistas fiquem com os cargos de vice e senador da chapa.

Raisa Brito
Germana Chaves
Laura Moura| GP1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.