Wellington Dias apresenta projeto na Assembleia Legislativa do Piauí sobre reajuste salarial

O Governo Wellington Dias (PT) encaminhou para a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) um projeto de lei que garante um reajuste de 6,81% aos trabalhadores em educação básica ocupantes de cargos efetivos do Estado do Piauí.

O reajuste é com base em um acordo firmado entre o governo e a categoria após os profissionais iniciarem uma greve no dia 23 de fevereiro e que só foi encerrada no dia 12 de março. O acordo foi homologado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, durante uma audiência de conciliação do dissídio coletivo dos professore estaduais, conduzida pelo desembargador Joaquim Santana, e com a participação dos representantes da OAB e do Ministério Público Estadual.

Foto: Laura Moura/GP1  –  Governador do Piauí, Wellington Dias

Já as gratificações, adicionais, indenizações, gratificações incorporadas e quaisquer outras vantagens pecuniárias dos profissionais do magistério permanecem em seus atuais valores nominais.

Esse reajuste a partir do mês de maio, sendo que também será concedido um reajuste de 3,15% para o pessoal de apoio técnico administrativo ocupante de cargo efetivo e mais reajuste no vencimento de 0,80% para o mês de setembro. Os reajustes autorizados se estendem aos inativos e aos pensionistas, mas não contempla os professores contratados temporariamente.

GP1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.